quinta-feira, 15 de junho de 2017

VELEIROS PHOENIX E CONQUEST VENCEM NA ABERTURA DO BRASILEIRO DE HPE 25 EM ILHABELA.

As duas regatas desta quinta-feira foram equilibradas com várias alterações de posição entre as 24 embarcações.

O vento leste demorou para se firmar no Canal de São Sebastião, mas quando soprou com rajadas acima dos dez nós, já no meio tarde desta quinta-feira (15), proporcionou duas regatas de elevado nível técnico entre os 24 barcos do 13º Campeonato Brasileiro da Classe HPE 25. Conquest, de Ilhabela, venceu a primeira prova, enquanto o Phoenix, do Yacht Club Paulista, ganhou a segunda para fechar o primeiro dia como líder geral.

Com vários barcos queimando a linha de largada, ou seja, partindo antes do tempo, a Comissão de Regatas (CR) optou pela chamada geral na primeira regata. O Pé de Vento assumiu a ponta, mas não a sustentou após a segunda perna de contravento, permitindo que o Conquest, assumisse a liderança para vencer a prova de abertura. Fit to Fly e Phoenix chegaram em segundo e terceiro lugares respectivamente.

“Foi uma satisfação vencer a primeira regata do campeonato e estamos mais felizes ainda com o terceiro lugar na classificação geral após o primeiro dia. Nossa tripulação conta comigo e um amigo também de São Paulo e dois ilhabelenses. Parece que estamos bem entrosados. O objetivo é ficarmos entre os dez primeiros”, revelou com modéstia o comandante do barco caiçara Conquest, Marco Hidalgo.
Na segunda regata o vento rondou para sudeste e atingiu 12 nós, cerca de 20 km/h. O Phoenix manteve a liderança praticamente de ponta a ponta, defendendo-se com segurança diante das aproximações de Ginga e Dom, principalmente nos últimos metros da prova. O Ginga, bicampeão brasileiro em 2011 e 2013, chegou em segundo lugar, seguido pelo Dom. Com quatro pernas de uma milha, cada regata durou cerca de uma hora e contou com gate de passagem obrigatória nas pernas de popa.

O comandante e timoneiro do Phoenix, Eduardo Souza Ramos, conta que a tripulação viveu momentos distintos em ambas as regatas. “Largamos muito mal na primeira e depois tivemos de fazer uma prova de recuperação. Nessa condição, foi muito bom o terceiro lugar. Na segunda regata acertamos a largada e a situação ficou bem mais favorável. Os resultados são positivos, mas o campeonato está apenas começando”, reagiu o cauteloso Souza Ramos.

O Campeonato Brasileiro da Classe HPE 25 segue nesta sexta-feira (16) com a primeira largada prevista para meio-dia. Se o vento estiver adequado, a CR pode realizar até três regatas por dia, com programação de dez provas até domingo. A previsão é de vento variando de nordeste a leste, com intensidade entre 8 e 12 nós. Durante a competição os barcos permanecem fundeados no Saco da Capela. A Prefeitura Municipal de Ilhabela instalou uma sede na praia para que a população tenha acesso ao evento.
Classificação após duas regatas 
1) Phoenix (Eduardo Souza Ramos): 3+1 = 4 pontos perdidos 
2) Fit to Fly (Henrique Hadad): 2+4 = 6 pp 
3) Conquest (Marco Hidalgo): 1+7 = 8 pp 
4) Dom (Pedro Lodovici): 7+3 = 10 pp 
5) Ginga (Breno Chvaicer): 11+2 = 13 pp

Texto: Ary Pereira Junior 
Fotos: Marcos Mendez 

> Conheça: O Brasil Sobre Rodas.