quinta-feira, 26 de abril de 2018

AIRBUS E AUDI FORMAM PARCERIA PARA FORNECER SERVIÇOS DE MOBILIDADE URBANA AÉREA E TERRESTRE.


Vem aí uma experiência de viagem integrada e muito conveniente para os clientes


A Airbus e a montadora alemã Audi se uniram para desenvolver soluções de mobilidade urbana reais e de curto prazo. A partir deste verão no hemisfério norte, a Airbus - por meio de sua plataforma Voom de helicópteros sob demanda - fará uma parceria com a Audi para oferecer um serviço de transporte de ponta-a-ponta, começando por São Paulo e pela Cidade do México. Essa parceria oferecerá transporte terrestre premium proporcionado por veículos Audi e transporte de helicóptero por meio do serviço Airbus Voom, permitindo que os clientes tenham uma experiência de viagem integrada e extremamente conveniente.

"Esta importante parceria com a Audi aborda os desafios atuais e futuros da mobilidade urbana. Como primeira conquista concreta na colaboração que estamos desenvolvendo, vamos oferecer soluções de transporte multimodal para as cidades mais congestionadas do mundo", disse o CEO da Airbus, Tom Enders. "O mundo está se urbanizando rapidamente, e a infraestrutura terrestre não consegue atender sozinha às demandas do amanhã. O aumento do congestionamento está levando os sistemas de transporte das cidades ao limite, custando tempo e dinheiro valiosos para os viajantes e municípios. Acrescentar o céu como uma terceira dimensão às redes de transporte urbano revolucionará a maneira como vivemos - e a Airbus está pronta para moldar e construir o futuro da aviação".

"O Grupo Audi está empenhado em melhorar a mobilidade nas cidades, introduzindo ideias inteligentes e inovadoras. Para encontrar as melhores soluções para os nossos clientes, apresentamos agora o primeiro sistema modular para Mobilidade Urbana Aérea juntamente com a Airbus e a nossa subsidiária Italdesign", disse o CEO do Grupo Audi Rupert Stadler. "Vamos dar hoje o próximo passo e iniciar um serviço com a Airbus e a Voom para oferecer mobilidade Premium aos clientes. Ao fazermos isso, aprenderemos ainda mais como podemos garantir, com os melhores parceiros, um transporte multimodal perfeito para os nossos clientes. Juntamente com a Airbus, desenvolveremos ainda mais essa cooperação".

A Airbus já realizou testes bem-sucedidos em São Paulo com o serviço Voom, cujo objetivo é aliviar o congestionamento ao tornar as viagens de helicóptero mais baratas e acessíveis. Desde março de 2018, o serviço também está disponível na Cidade do México.



A Airbus e a Italdesign são parceiras ainda na Pop Up, um conceito totalmente elétrico, autônomo e modular, que inclui uma cápsula conectada aos módulos terrestres ou aéreos. Em outros lugares, as equipes estão trabalhando para criar veículos totalmente novos. O CityAirbus, que estará pronto para voar antes do final de 2018, é uma demonstração de tecnologia de um veículo elétrico de decolagem e aterrissagem vertical (VTOL) para até quatro passageiros. Já o Vahana, que concluiu seu primeiro voo em escala total em janeiro de 2018, visa criar um modo de transporte semelhante para viajantes individuais ou carga. Em Cingapura, a empresa está trabalhando com o projeto National University on the Skyways para testar um sistema de transporte de encomendas usando drones autônomos.

A Airbus é líder mundial nas indústrias aeronáuticas, espaciais e serviços relacionados. Em 2017, registrou faturamento de €67 bilhões de euros e empregou cerca de 129 mil profissionais. A Airbus oferece a mais completa gama de aviões de passageiros de 100 a mais de 600 assentos. A empresa também é a líder europeia no fornecimento de aviões-tanque, de combate, transporte e missão, bem como uma das empresas espaciais do mundo. Em helicópteros, fornece as mais eficientes soluções em modelos civis e militares em todo o mundo.

O Grupo Audi com suas marcas Audi, Ducati e Lamborghini é um dos mais bem-sucedidos fabricantes de automóveis e de motos no segmento premium. Ele está representado mundialmente em mais de 100 mercados e produz em 16 unidades distribuídas por doze países.  Subsidiárias a 100% da Audi AG são, nomeadamente, a Audi Sport GmbH (Neckarsulm), a Automobili Lamborghini S.p.A. (Sant'Agata Bolognese/Itália) e a Ducati Motor Holding S.p.A. (Bologna/Itália).  Em 2016, o Grupo entregou aos clientes 1.871 milhão de automóveis da marca Audi, 3.457 carros esportivos da Lamborghini e 55.451 motos da Ducati. No exercício de 2015, o Grupo AUDI teve um volume de negócios de 58,4 bilhões de euros e apresentou um resultado operacional de 4,8 bilhões de euros. Atualmente cerca de 88.000 pessoas trabalham em todo o mundo para a empresa, das quais cerca de 60.000 na Alemanha. A Audi está centrada em novos produtos e tecnologias sustentáveis com vista ao futuro da mobilidade.  

A Voom é uma subsidiária da Airbus Helicopters que foi lançada em 2016 como uma plataforma de reserva de helicóptero sob demanda, permitindo que os passageiros solicitem um assento em um helicóptero em questão de minutos. A Voom agora oferece seus serviços em São Paulo e na Cidade do México. Ao fornecer uma opção de transporte mais eficiente para os passageiros que viajam diariamente, o objetivo é abordar os desafios associados ao tráfego na hora do rush, oferecendo uma forma alternativa de transporte em algumas das cidades mais congestionadas do mundo.

A Italdesign é uma empresa de serviços que fornece design, engenharia e produção para o setor de transporte, passando pelos testes finais e pela aprovação de tipo e suporte ao Início da Produção e ao design de modelos de negócios completos. A Italdesign está constantemente pesquisando e desenvolvendo as soluções de mobilidade do amanhã. A Italdesign está sediada em Moncalieri, Torino, Itália e hoje possui mais de 50.000 metros quadrados, um campus de design e engenharia em escala real e um centro de desenvolvimento e prototipagem de ponta. Tem 1.000 funcionários na Itália, Espanha e no exterior. A Italdesign oferece seus serviços a todas as partes interessadas em todo o mundo. Em 2017, a Italdesign lançou como um negócio adicional, uma unidade dedicada ao design, desenvolvimento e produção de veículos ultralimitados para todos os OEMs em todo o mundo. Em 2016, 2017 e 2018, a Italdesign recebeu a certificação Top Employer na Itália. Mais informações em: www.italdesign.it.

JeffreyGroup Brasil.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

AIRBUS E ROLLS-ROYCE ASSINAM CONTRATO DE COLABORAÇÃO PARA A INTEGRAÇÃO DOS MOTORES ULTRAFAN.


A Airbus e a Rolls-Royce assinaram um acordo de colaboração para a integração do demonstrador UltraFan® da Rolls-Royce para testes de voo. A demonstração das soluções de integração será financiada conjuntamente pelo Clean Sky 2, o programa de pesquisa da União Europeia focado no desenvolvimento de tecnologias de redução de emissões.

O UltraFan é um projeto de motor a jato escalável adequado para aeronaves de fuselagem larga ou de corredor único e oferece uma melhoria de 25% na eficiência de combustível em relação à primeira geração do motor Rolls-Royce Trent.

Um dos elementos do programa UltraFan é o planejamento para testes no solo e em voo e, para dar suporte, a Rolls-Royce assinou um contrato com a Airbus para fornecer integração de arquitetura e habilitadores de tecnologia tanto de nacela como de motor/aeronave.

As soluções de integração da Airbus desempenharão um papel importante na obtenção da melhoria geral da eficiência de combustível de motores de taxas mais altas de bypass como o UltraFan, por meio de arquitetura inovadora e tecnologias associadas.

"Este programa de desenvolvimento tecnológico juntamente com a Rolls-Royce é um projeto-chave para a Airbus abrir caminho para os sistemas de propulsão integrados de próxima geração que serão necessários para os clientes das empresas aéreas até o final da próxima década", disse Axel Flaig, Diretor de Pesquisas e Tecnologia da Airbus. "Agradecemos ao programa de financiamento europeu Clean Sky 2 pelo seu forte apoio a este projeto, que é um dos principais contribuintes para as metas ambientais da ACARE (Conselho Consultivo para a Investigação e Inovação em Aviação na Europa, em tradução livre)".  

"Este é mais um passo na jornada do nosso motor UltraFan, e é ótimo poder contar com a experiência da Airbus para fortalecer ainda mais nossa capacidade de entregar este importante programa de desenvolvimento. Continuamos muito agradecidos ao Clean Sky 2 por seu reconhecimento contínuo dos benefícios ambientais que o UltraFan proporcionará", disse Andy Geer, da Rolls-Royce, Engenheiro Chefe e Diretor do Programa UltraFan.

O UltraFan apresenta uma nova arquitetura de núcleo do motor e sistema de combustão de queima reduzida que contribuirá para melhorar a eficiência do consumo de combustível e reduzir as emissões, juntamente com um sistema de lâminas de titânio-carbono para a ventoinha e um invólucro de material composto que reduz o peso. O motor também apresenta um design com engrenagens para fornecer potência eficiente em altas taxas de bypass.

Para a Airbus, o projeto permitirá que ela integre completamente o sistema geral das unidades de propulsão - compostas de motor, suporte e nacela - em futuros produtos de aeronaves de longo percurso, além de facilitar a escalabilidade para futuras aeronaves de curto percurso. Ele também se baseará na especialização da Airbus em tecnologias avançadas de fabricação, como a manufatura aditiva de alta taxa de deposição, a montagem soldada e os termoplásticos de alta taxa de produção.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

GRIPE CANINA: ESTÁ CHEGANDO A HORA DE PROTEGER SEU CACHORRO.


Com acompanhamento veterinário e uma simples vacina a saúde do pet fica garantida durante a temporada de inverno.


Com a aproximação do inverno, as pessoas começam a se preparar para a temporada de frio que, além de trazer o uso dos casacos e roupas mais quentes, traz consigo também a preocupação maior com a saúde no que diz respeito à alergias e gripes.

Assim como seus proprietários humanos, os animais também correm riscos de doenças causadas pelas mudanças de temperatura, principalmente pelas quedas mais abruptas proporcionadas pela temporada de inverno.

Por conta disso é imprescindível levar seu animal de estimação ao veterinário e conversar com ele sobre a aplicação de vacina de gripe. Causada pelo vírus da parainfluenza e pela bactéria bordetella bronchiseptica, a chamada “tosse dos canis” ou gripe canina acomete os cachorros com sintomas que, muitas vezes, se parecem com os da gripe humana como febre, secreção e tosse.


“As pessoas costumam me perguntar se a gripe humana é transmitida ao cão e vice e versa. Não, nossa gripe não é transmitida ao seu cachorro nem você irá pegar a dele, porém as baixas temperaturas, exposição ao ambiente externo e queda de resistência física criam ambiente propenso para que o animal acabe sendo contagiado pelo vírus e desenvolvendo a doença que pode ter consequências mais graves para filhotes ou cães idosos. Por isso é recomendada a prevenção por meio de vacina” explica a Dra. Valeria Arouche da clínica Pet Arouche, localizada na Granja Viana (Cotia, SP).

A vacina contra gripe canina pode ser aplicada em cães a partir de 10 semanas, não demanda preparo prévio ou maiores tratamentos. Basta conversar com seu veterinário para uma análise da saúde do animal e acompanhamento das demais vacinas e a aplicação da mesma, que deve ser renovada anualmente assim como as vacinas de gripe aplicada em seres humanos.

Em regiões como Granja Viana, Vargem Grande Paulista, São Roque e Alphaville, por se tratarem de áreas com maior concentração de vegetação, é natural que a temperatura seja menor do que nos grandes centros urbanos. Por conta disso os proprietários de animais de estimação devem ficar ainda mais atentos aos riscos de doenças proporcionadas por alteração de temperatura como a gripe canina.

Proprietários de animais de raças braquicefálicas (raças de focinho curto) como os buldogues, bugs, boxers e shih tzus devem ter cuidado extra porque essas raças apresentam maiores complicações de saúde em caso de gripe canina.

O sintoma mais comum apresentado pelo cão infectado pela gripe é uma tosse seca que pode ser acompanhada ou não de secreção. É muito comum que os donos confundam a tosse com sintomas de engasgamento. Em outros casos o animal pode chegar a espumar pela boca, o que leva os donos a confundir o sintoma com vômito. Nesses casos é imprescindível levar o animal para atendimento veterinário para que o profissional de saúde possa aferir a temperatura do cão, examinar corretamente e oferecer o tratamento necessário para que o animal não corra riscos.


Pet Arouche


Desde 2004 atuando na região da Granja Viana, a veterinária Dra. Valéria Arouche inaugurou em 2014 a Pet Arouche para trazer um espaço único onde os proprietários pudessem contar com todos serviços necessários para seu pet em um mesmo local: banho e tosa, hospedagem, adestramento e recreação, além de clínica veterinária e centro cirúrgico. Um dos maiores diferenciais da Pet Arouche é trazer em seu DNA o espírito de família para o negócio, isto é, tanto proprietários quanto seus pets devem se sentir confortáveis no local e bem tratados e atendidos. Essa premissa se reflete principalmente no espaço que proporciona um lugar de diversão e conforto para os animais. "Eles precisam pensar que vêm para cá brincar", enfatiza a Dra. Valeria. "Atendemos apenas com hora marcada, deste modo o animalzinho não fica muito tempo esperando para ser atendido. Não são colocados em gaiolas, mas sim deixados soltos brincando". Visite: www.petarouche.com.br.

Bunny Consulting.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

PEQUENAS CRIANÇAS, GRANDES RESPONSABILIDADES.
Por Hannyni Mesquita*

Ao ouvirem especialistas afirmarem com propriedade que a Educação Infantil é a mais importante etapa do desenvolvimento de um indivíduo - mais até do que a universidade - muitas pessoas se mostram surpresas ou incrédulas. Quem trabalha com crianças nessa faixa etária - até os 6 anos - sabe que a afirmação não é exagerada. Essa é a fase de maior desenvolvimento humano. Durante a chamada primeiríssima infância, de 0 a 3 anos, se aprende mais do que se aprenderá ao longo de toda a vida. Para além do discurso de educadores, são os cientistas que afirmam: nos primeiros anos, o cérebro faz mais conexões do que em qualquer outro período da vida. São de 700 a 1.000 conexões por segundo. Aos 3 anos, ele é duas vezes mais ativo que o cérebro de um adulto. Pesquisas americanas realizadas com milhares de crianças mostram que alunos que tiveram uma boa Educação Infantil precisam de menos reforço escolar e apresentam melhor desempenho no Ensino Fundamental. Em outro estudo, cientistas de Harvard já apontaram que quanto mais a criança se desenvolve na escola nessa fase da vida, maiores são as chances de chegar ao Ensino Superior e ganhar bons salários, quando adulta.

As afirmações são importantes para reforçar que o ambiente no qual a criança cresce é fundamental para garantir seu pleno desenvolvimento - e não estamos falando apenas do cenário doméstico: o ambiente escolar também é determinante. As escolas que ofertam a Educação Infantil têm uma enorme responsabilidade com a humanidade, por isso saber o que fazer, por que fazer e como fazer é para profissionais - e exige muita formação continuada e acompanhamento direto de pessoas capacitadas para transformar a prática em objeto de reflexão para a melhoria contínua. É necessário que os profissionais entendam que o brincar é a linguagem da criança e que consigam transformá-lo em instrumento mediador no processo didático-pedagógico. Tal recurso é ferramenta indispensável no desenvolvimento qualitativo dos aspectos cognitivo, motor, afetivo, psicológico e social, e, portanto, necessita de valorização dentro das propostas educacionais.

Apesar da legislação brasileira considerar que a Educação Infantil faz parte da Educação Básica, o país ainda não exige formação superior dos profissionais que atuam nessa etapa de ensino (mesmo que essa seja a 15ª meta do nosso Plano Nacional de Educação).  Fora isso, há escolas com um número imenso de profissionais atuando na Educação Infantil sem a formação adequada porque muitos ainda acreditam que, quando se trata de criança pequena, basta apenas cuidar. Uma pesquisa realizada em seis capitais brasileiras revela que 65% dos professores que atuam nessa fase de ensino não tem qualificação específica para trabalhar com educação de crianças. O que não é levado em conta nesse atual cenário é que o próprio cuidar deve vir acompanhado de orientações e embasamentos. Sem o conhecimento necessário, o profissional recorre ao senso comum, sem conhecer o que é esperado para cada faixa etária, como aprender, ensinar e organizar tempo e espaço na Educação Infantil, como, efetivamente, podemos proporcionar o aprender brincando. E só para reforçar: não basta apenas formação inicial, a formação continuada precisa fazer parte da rotina do profissional.

O professor de Educação Infantil deve ter um coração disposto a criar vínculos afetivos, mãos habilidosas para se dedicar ao trabalho diário e uma mente disposta a aprender, sempre. Deve apresentar também um olhar que é desenvolvido por meio de orientação e formação, calibrado para perceber situações corriqueiras, transformando-as em disparadores para novas aprendizagens. Ele precisa ser paciente - a repetição faz parte do processo - ao mesmo tempo que precisa ser criativo, procurando diferentes maneiras de mediar a aprendizagem. É na troca e na rica experiência que testamos, nos frustramos, conquistamos e crescemos. É com a atitude diária, cotidiana, muitas vezes vista como banal, que transformamos. A repetição, a permanência da regra, a mediação realizada "milhões de vezes", essas sim, consideram a complexidade do ser humano. Devemos ser capazes de transformar o pensamento em ação e repensar a ação por meio da reflexão, sem perder o entusiasmo, a coragem de tentar o diferente e inovar.  Afinal, trabalhamos com a melhor fase do ser humano.









* Hannyni Mesquita, pedagoga, especialista em Gestão das Organizações Educacionais e Educação Bilíngue. É gestora da Educação Infantil do Colégio Positivo Júnior, de Curitiba, Paraná.


GE ABRE INSCRIÇÕES PARA PROGRAMA DE TRAINEE DE 2018 EM TODA A AMÉRICA LATINA.

Candidatos formados nos últimos dois anos podem se inscrever para vagas em Finanças, Operações e Comercial, para posições no Brasil e também outros países da região.


Estão abertas as inscrições para o Programa de Liderança 2018 da GE na América Latina. Pela primeira vez, a empresa abrirá simultaneamente posições em diferentes países da região, possibilitando que os candidatos escolham além do perfil da vaga, o local de trabalho. Uma das empresas referência em formação de liderança no mundo todo, a GE entende como fundamental para o sucesso da companhia o ingresso de novos talentos anualmente.

O programa é focado nas áreas de Finanças, Operações e Comercial, tem duração de dois anos e é composto por até quatro rotações de seis a oito meses. Os selecionados para o programa de liderança atuarão em diversas áreas da companhia com o objetivo de absorver o conhecimento dos diferentes setores e da dinâmica de operações da GE.

A GE busca profissionais com graduações a partir de junho de 2016 até junho deste ano (2018). No site da empresa, único local para se inscrever, é possível conhecer detalhes de cada um dos programas, países disponíveis, além dos requisitos que a companhia busca.

O foco da GE para seu Programa de Trainee é desenvolver habilidades analíticas e técnicas para produzir líderes capazes de superar desafios com a companhia, entregar os melhores resultados para os clientes da GE, além de criar os profissionais do futuro.

As inscrições vão até 14 de maio. Os candidatos interessados poderão fazer suas inscrições nos links abaixo. 

Programa de Líderes na área de Operações

Programa de Líderes na área de Finanças

Programa de Líderes na área Comercial



terça-feira, 24 de abril de 2018

RECEITAS DE COOPERATIVA FINANCEIRA DO ABC CRESCEM 94% EM 12 MESES.

Nos dois últimos anos, as cooperativas financeiras têm apresentado um excelente desempenho no mercado nacional. Uma dessas instituições é a Sicoob Crediconsumo que presta atendimento aos colaboradores de todas as unidades da Coop - Cooperativa de Consumo (no Grande ABC, São José dos Campos, Sorocaba, Tatuí e Piracicaba), e também aos empregados da rede de Supermercados Zona Sul, com atendimento no Rio de Janeiro. 

“Triplicamos a maioria de nossos números em dois anos e esse resultado é reflexo do planejamento realizado pelo Conselho de Administração e executado pela Diretoria Executiva”, ressalta Francisco Ráo, diretor-presidente. Em 2017, as receitas da Crediconsumo cresceram 94%, passando de R$ 5,3 milhões para R$ 10,3 milhões e sobras de R$ 249 mil, além de R$ 1,3 milhão de pagamento de juros ao capital dos associados.  As maiores receitas são oriundas de encargos sobre empréstimos (R$ 6 milhões), juros sobre cheque especial e conta garantida (R$ 1,2 milhão) e com cartão de crédito (R$ 1,7 milhão).

Segundo Ráo, a Crediconsumo praticou durante todo o exercício de 2017, quase na totalidade das operações, com taxas de 1,85% a 2,79% ao mês, de acordo com prazos diferenciados e com ou sem avalista. “Essas taxas são muito abaixo do mercado financeiro em geral”, reforça. Além de trabalhar com as menores taxas, a instituição também investiu na área social ao longo do ano. Foi realizado programa de treinamento visando a educação financeira pessoal e de formação de multiplicadores sobre o assunto, além da distribuição de 2.451 kits escolares para os filhos de associados, estudantes  do Ensino Fundamental I e II, sendo um volume 50% maior que o fornecido em 2016.

Criada em 1981, a Sicoob Crediconsumo possui hoje mais de 7,3 mil associados e nos próximos três anos, a projeção é chegar a 14 mil. Essa meta está alicerçada em mudanças estatutárias, além da nova unidade de atendimento, inaugurada em setembro do ano passado, que proporcionou mais visibilidade e melhores condições de atender e prospectar novos cooperados da região do Grande ABC. 

O cooperado do Sicoob Crediconsumo tem acesso a todos os produtos e serviços financeiros, destacando:  conta corrente, cheque especial, empréstimos consignados, crédito pessoal, cartão de crédito, investimentos, poupança, consórcio, previdência, seguros e outros serviços. No início do mês de março, a Cooperativa foi a   vencedora  da Campanha Nacional de Vendas 2017, promovida pela Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob, na categoria Previdência Privada. A Crediconsumo também obteve a quarta colocação em vendas de Cartão de Crédito.

Sobre o Sicoob: maior sistema de cooperativas de crédito do Brasil, com 4 milhões de associados, está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por 475 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias (empresas de cartões, consórcios, DTVM, seguradora, previdência) provedoras de produtos e serviços especializados para cooperativas financeiras. 

A rede Sicoob, com mais de 2,7 mil pontos de atendimento, se destaca na 1ª colocação entre os grupos empresariais que mais cresceram por receita no setor de finanças em 2017 e na 5ª colocação entre as 10 empresas dos setores de comércio, indústria, serviços e finanças que mais cresceram por receita.

MP & Rossi Comunicações.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

BASF ANUNCIA NOVO PRESIDENTE PARA A AMÉRICA DO SUL.

A Junta Diretiva da BASF na Alemanha anuncia alterações na sua liderança na América do Sul. 


A partir de 1º de maio de 2018, Manfredo Rübens (54), atual presidente de Áreas Funcionais e Plataforma para Países na América do Norte, se tornará presidente da BASF para a América do Sul. Rübens nasceu em Buenos Aires, Argentina, e ingressou na BASF em 1991.

Ralph Schweens, atual presidente da BASF para a América do Sul, encerrará sua gestão no Brasil e retornará à Alemanha, onde assumirá a divisão de Care Chemicals, que oferece uma grande gama de ingredientes para higiene, cuidados pessoais, limpeza doméstica, limpeza industrial & institucional e aplicações técnicas, em Ludwigshafen.

Tobias Dratt, atualmente responsável pela vice-presidência Sênior de Finanças, Administração e Business Centers Sul, Norte e Oeste, encerrará sua gestão no Brasil e seguirá para os Estados Unidos, onde assumirá o cargo de presidente de Áreas Funcionais e Plataforma para Países na América do Norte, em substituição a Manfredo Rübens.

Nascido em Buenos Aires, Argentina, Manfredo Rübens estudou administração de empresas em Mannheim, Alemanha. Ingressou na BASF em Ludwigshafen, Alemanha, em 1991, como especialista em Mercados de Capitais.

Em 1995, foi promovido a diretor de Finanças da BASF Corporation em Mount Olive, New Jersey. Já em 1998, assumiu o cargo de diretor da Unidade Funcional Regional Contábil, Controladoria, Tesouraria, Crédito e Cobrança da BASF no Brasil, período em que viveu em São Paulo.

Em 2001, tornou-se vice-presidente de Planejamento, Controladoria e Integração pós-fusão da divisão de Produtos para Agricultura em Mount Olive, Nova Jersey, e Ludwigshafen, Alemanha. Manfredo regressou à Alemanha em 2005, onde ocupou cargos globais como vice-presidente de Controladoria Corporativa e presidente de Finanças. Desde 2016, ocupava o cargo de presidente de Áreas Funcionais e Plataforma para Países na BASF América do Norte, em Nova Jersey.

Visite: vwww.basf.com.br. 

KSB BRASIL DESTACA BOMBAS HIDRÁULICAS E SOLUÇÕES DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA.

É na 2ª edição da Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos (Feimec), de 24 a 28 de abril, no São Paulo Expo, em São Paulo (SP), que a líder na fabricação de bombas hidráulicas, KSB Brasil, exibe seus principais produtos para o setor. 


As bombas RDLO, UPAchrom, RPH e a Megabloc, esta com relevantes soluções de eficiência energética em demonstração, são destaques da empresa durante o evento.

A bomba submersa para poços de 4”, UPAchrom, traz corpo de aço inoxidável e rotor de Noryl para máxima durabilidade. Sua capacidade é de até 26,6 m3/h, a altura manométrica de 380 m e potência de até 7,5 kW. A UPAchrom é destinada para o abastecimento doméstico de água, sistemas de captação de água, abastecimento residencial e industrial, captação de águas subterrâneas, entre outras finalidades.

Já a bomba de carcaça bipartida axialmente, KSB RDLO, será outro grande destaque no estande da KSB. Com baixo custo de manutenção, é projetada com dupla voluta, ou seja, compensa as forças radiais e traz rotor com dupla sucção, proporcionando vida útil aos rolamentos de no mínimo 100 mil horas de operação. Seu design proporciona manutenção simplificada já que a bomba traz autocentralização da parte superior da carcaça e conjunto girante pretensionado que permitem a montagem do equipamento sem ajustes especiais. Com vazão de até 10.000 m3/h, a RDLO pode ser aplicada na indústria em geral, termoelétricas, petroquímica, dessalinização de água do mar, naval e off-shore. Outro destaque na feira, de simples estágio horizontal bipartida radialmente com corpo de voluta, a bomba KSB RPH é fabricada de acordo com a norma API 610 11º Ed. ou ISO 13709 para serviços pesados. É utilizada em refinarias, indústrias químicas e petroquímicas, e traz vazão de até 4.150 m³/h.

A KSB Brasil apresenta durante o evento as soluções de eficiência energética KSB PumpDrive e KSB PumpMeter. Ambas as tecnologias estarão disponíveis e instaladas na bomba KSB Megabloc. O PumpMeter, desenvolvido pela matriz na Alemanha, é utilizado para realizar o diagnóstico preciso e completo da operação das bombas centrífugas. Trata-se de um acessório que, por meio de sensores, possibilita ao cliente fazer o monitoramento da bomba. Ao gerar um relatório completo de operação, o PumpMeter permite um trabalho minucioso sugerindo melhorias, como variação da rotação e redução da potência consumida, evitando o desperdício de energia e, consequentemente, gerando benefícios para os clientes.

Já o PumpDrive foi desenvolvido para garantir o funcionamento da bomba de forma orientada para a obtenção da máxima economia de energia, controlando continuamente a rotação da bomba conforme a demanda real do sistema, assegurando uma operação confiável. De acordo com a fabricante, o controle de rotação permite economizar até 60% de energia e aumenta o tempo em que a bomba está disponível para exercer a sua função, além de reduzir os custos de manutenção.

Ao controlar a vazão da bomba, o PumpDrive é capaz de compensar automaticamente as variações de pressão, calculando as perdas por atrito que variam com a vazão. A novidade da KSB também permite a operação simultânea de até seis bombas associadas em paralelo.

A bomba Megabloc é utilizada para o abastecimento em geral, construção civil, irrigação, instalações prediais, ar-condicionado, serviços de refrigeração, circulação de condensados, entre outros, além de compacta e de alta eficiência, conta com sistema “back-pull-out”, eliminando a necessidade de desconexão das tubulações de sucção e recalque para execução de eventuais serviços de manutenção. A Megabloc é oferecida em tamanhos que variam de DN 25 até DN 150, com vazão de até 550 m3/h e rotação máxima de 3.500 rpm.

A fabricante de bombas, também especialista na produção de válvulas, expõe também parte da sua linha de produtos. A válvula KSB Esfera Fire safe de 12” atende a norma API 6D, já a Borboleta Semi-Lug, Gaveta, Globo e a de Retenção forjadas atendem normas ASME e podem ser utilizadas em diversas aplicações. Todas podem ser conferidas no estande da empresa.

KSB Brasil – É uma das líderes mundiais em fabricação de bombas e válvulas com um sistema completo de serviços e soluções adequados e completos para todas as necessidades de transporte de fluidos. Presente no Brasil desde 1954 e sua matriz, na Alemanha, em 1871, a KSB Brasil oferece ao mercado ampla linha de produtos, com projetos, manufatura e fornecimento de bombas centrífugas, válvulas, sistemas e serviços sempre dentro dos melhores padrões de qualidade. Visite www.ksb.com.br.

COOP RETORNA R$ 17 MILHÕES A SEUS COOPERADOS.


Com faturamento de R$ 2,2 bilhões em 2017, a Coop – Cooperativa de Consumo já iniciou a distribuição de R$ 17 milhões aos cooperados que se abasteceram nas lojas, drogarias ou postos da rede no ano passado, montante superior aos R$ 16 milhões do exercício anterior.


A partir de agora, passa a valer uma nova regra na operação do retorno das sobras. O prazo para a retirada foi estendido até abril de 2021 e o saldo não retirado até a data será remetido ao Fundo de Reserva, conforme estabelecido no estatuto social, não entrando mais na conta capital do cooperado.

O retorno é um dos diferenciais da Coop em comparação ao varejo convencional, pois está estabelecido na legislação cooperativista, o que garante que parte das sobras líquidas de cada ano, acordada em assembleia, seja rateada entre os cooperados.  

Terão direito ao benefício todos os cooperados que se abasteceram na Coop no decorrer do ano e apresentaram o seu número de matrícula ou do CPF. O valor destinado a cada cooperado é proporcional ao volume de compras efetuado no período e, para receber o retorno, o cooperado deverá apresentar um documento pessoal ou cartão de associado à operadora de caixa.

Atualmente, a Coop é considerada a maior cooperativa de consumo da América Latina, possui 800 mil cooperados ativos, cerca de 6,5 mil colaboradores diretos, 31 unidades de distribuição - sendo 23 no Grande ABC, uma em Piracicaba, três em São José dos Campos, duas em Sorocaba e duas em Tatuí –, além de três postos de combustíveis e 15 drogarias de rua. Por ser uma cooperativa, seu principal escopo é oferecer os melhores serviços com preços justos, além de reverter benefícios para seus cooperados e comunidade, como ciclo de palestras gratuitas; programa de saúde e qualidade de vida; programas educacionais voltados aos estudantes da rede pública e particular e doações para entidades beneficentes onde a Cooperativa possui unidades de distribuição. 

sábado, 21 de abril de 2018

CASA DA MÃE JOANA.
Por Marli Gonçalves*

NÃO TEM MAS, NEM MEIO MAS.


Porém, no entanto, todavia, contudo, não obstante. Horas que as letrinhas adversativas chegam apenas para mascarar. Essa mania nacional de pensar claudicante e de pouca firmeza em opiniões pode nos levar a um buraco muito mais fundo do que aquele que já estamos. Eu não sou isso, aquilo, mas... não cabe nesse momento. Ou é ou não é. Ao menos assumam. Respeitem nossa inteligência. Nada de votos envergonhados.

Já começou a temporada do "Eu não sou..., mas" – e lá vem defesa do indefensável. Tenho reparado que essa praga volta com força máxima e logo agora que tanto precisamos de opiniões e atitudes certeiras, decididas. É igual a usar excessivos gerúndios, que estou convencida que é um vício que "pegou" porque é apenas uma forma, um jeitinho, de ir levando, ir fazendo, ir ganhando tempo, de não fazer é nada, como combina com o caráter nacional. Acabemos com isso, enquanto é tempo. Não é hora para covardes vindos de nenhumas das várias pontas da questão Brasil.

Direto ao ponto, para ser mais clara. Um candidato à eleição presidencial vem se fazendo apenas (até porque não tem outras qualidades) em cima de polêmicas absurdas, despreparo, atraso, manipulação de informações e do desespero de brasileiros em várias áreas, em especial a violência. Ele não é novo, não é exótico; é apenas uma besta. Estou falando, claro, de Jair Bolsonaro, que, pior ainda, tem filhotinhos bolsonarinhos. Pronto, já deixo claro aqui o que eu acho desse nome: traz as trevas, não tem a menor condição, é mais uma palhaçada que se criou nesse ambiente doente e árido em que vivemos. Eu acho isso. Respeito, embora não há argumentos que possam justificá-lo,  quem admite de forma desenvolta que ficará com ele.

Mas já irrita profundamente, e as tenho encontrado com alguma insistência, especialmente nas redes sociais, pessoas que escancaram um "Eu não sou Bolsonaro, mas..." seguido de uma série de argumentos favoráveis a essa angustiante opção. Esse tipo de sentimento gerou Malufs, Cabrais entre outros insolentes que acabaram no poder. E acabaram com o país e com o nosso crédito na política.

Do outro lado: "Eu não sou petista, mas..." tem impressionado muito, porque precisa ter capacidade, ou um bom pagamento de soldos, para vir a público defender, não só o Lula, mas toda a corja que se formou dentro do partido que era a esperança, e virou um verdadeiro e escancarado lixo, para dizer o mínimo. Gosta dele, Lula, quer vê-lo fora da cadeia? Ok. Bárbaro. Hashtag para você também. Mas por favor, pare aí. Não venha com lamúrias, ousar dizer que não houve julgamento, sendo que passou por todas as camadas, esferas e estratosferas. Fora que esse processo que corre mais lépido é apenas um entre outros muito mais cabeludos. Muito mais.

Entendo e admito que no meio de mais de uma dezena de opções absolutamente atemorizantes se definindo como candidatos, nossa cabeça esteja mais para biruta de aeroporto. Mas há de haver detalhes inegociáveis. O respeito aos direitos individuais, à liberdade de expressão, aos mecanismos democráticos de controle, ao Estado Laico.

Dentro disso tudo, repito, não tem nem mas, nem meio mas...Não pode ter.

Não sou racista, mas... Respeito as mulheres, mas... Não tenho nada contra gays, mas... É muito covarde e gera atos tão covardes quanto. Não acredito em bruxas, mas...

Podemos usar o tal mas em outras formas, nas quais denota defeito. Por exemplo: Lula é um líder, mas deixou rastros e provas de ter se beneficiado pessoalmente; Bolsonaro apareceu, mas sua incapacidade intelectual e gênio o tornam inábil e perigoso.  Eles, entre outros nomes que se apresentam nas esferas estaduais e federais são a personificação do mas, em sua terceira opção, a da dificuldade, porque são a própria negação, o embaraço, o obstáculo, o inconveniente, a objeção. Mas é adversidade, e não aguentamos mais tantas delas.

Apelo: "mas" enquanto conjunção sempre ligará duas orações. Aproveito: que assim seja, Deus nos livre deles! – mas se eles insistirem será preciso combatê-los. Com firmeza.

Brasil, mas pode chamar de ameaçado, 2018.





* Marli Gonçalves, jornalista. Um detalhe importante para aprender. Mas não é mais, que sempre aparece como outro erro de linguagem. Uma é uma coisa; mas a outra, outra coisa. 
Tenho um blog. Divertido e informante ao mesmo tempo, no marligo.wordpress.com
Estou no Facebook e no Twitter
Visite o "Chumbo Gordo": www.chumbogordo.com.br
e-mails: marli@brickmann.com.br e marligo@uol.com.br.