sábado, 23 de março de 2019

CUMMINS INC. ANUNCIA RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE E ACUMULADO DE 2018


A Cummins Inc. divulga os resultados do quarto trimestre de 2018. A receita da empresa no quarto trimestre foi de US$ 6,1 bilhões, aumento de 12% em relação ao mesmo trimestre de 2017. O aumento da produção de caminhões na América do Norte e a demanda mais expressiva nos mercados globais de construção e geração de energia impulsionaram a maior parte do aumento de receita. A variação cambial impactou negativamente as receitas em 2%, principalmente devido ao dólar americano mais forte.

As vendas do quarto trimestre na América do Norte subiram 17%, enquanto as receitas internacionais aumentaram 6%, lideradas pelo crescimento na Europa, Ásia-Pacífico e América Latina.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) no quarto trimestre foi de US$ 896 milhões, ou 14,6% das vendas, comparado a US$ 769 milhões ou 14,0% das vendas um ano atrás, ou US$ 808 milhões e 14,8% das vendas excluindo o impacto da legislação tributária. Os resultados do quarto trimestre incluíram perda de US$ 58 milhões no EBITDA relacionada a uma baixa de investimento em um dispositivo de registro eletrônico ou negócio de ELD, e a marcação a impacto de mercado em ativos relacionados a nossos planos de benefícios não qualificados.

O lucro líquido atribuível à Cummins no quarto trimestre foi de US$ 579 milhões (US$ 3,63 por ação diluída), comparado a um prejuízo líquido de US$ 274 milhões (US$ 1,65 por ação diluída), ou US$ 503 milhões (US$ 3,03 por ação diluída), excluindo o impacto da legislação tributária no quarto trimestre de 2017. Os resultados do quarto trimestre foram impactados positivamente por US$ 25 milhões em itens discretos de impostos e o impacto da reforma tributária. Excluindo esses itens, o lucro líquido atribuível à Cummins no quarto trimestre foi de US$ 554 milhões (US$ 3,48 por ação diluída). A alíquota do imposto no quarto trimestre foi de 14,1%.

As receitas para o ano inteiro atingiram o valor recorde de US$ 23,8 bilhões, 16% acima de 2017. As receitas na América do Norte aumentaram 19% e as vendas internacionais cresceram 12%, com crescimento em todas as principais regiões. O EBITDA do ano foi recorde, com US$ 3,5 bilhões ou 14,6% das vendas. Isso se compara a US$ 3,0 bilhões ou 14,8% das vendas em 2017, ou US$ 3,1 bilhões ou 15,0% das vendas excluindo o impacto da legislação tributária.

O lucro líquido atribuível à Cummins no ano inteiro foi de US$ 2,1 bilhões (US$ 13,15 por ação diluída), comparado a um lucro líquido de US$ 999 milhões (US$ 5,97 por ação diluída), ou US$ 1,8 bilhão (US$ 10,62 por ação diluída) excluindo o impacto da legislação tributária. A alíquota de imposto para o ano inteiro foi de 20,6%, ou 21,1%, excluindo o impacto favorável de itens fiscais discretos.

“Quero agradecer aos mais de 60.000 funcionários globais que possibilitaram nossas vendas e lucros recordes em 2018. Este ano é histórico para a Cummins pois celebramos o 100º aniversário da nossa empresa e projetamos mais um ano de recordes nos resultados financeiros. Nossa solidez financeira nos permite continuar investindo e inovando em todo o nosso amplo portfólio de soluções de energia para permanecer como líder global em tecnologia nos próximos 100 anos, continuando a devolver capital significativo aos investidores”, disse o presidente e CEO Tom Linebarger.

Cenário para 2019
Com base na previsão atual, a Cummins projeta que o faturamento do ano de 2019 se mantenha estável ou aumente 4% e o EBITDA esteja entre 15,75% e 16,25% das vendas. A empresa espera devolver 75% do fluxo de caixa operacional aos acionistas em 2019 na forma de dividendos e recompras de ações.

Destaques de 2018
• A empresa retornou US$ 1,9 bilhão ou 78% do fluxo de caixa operacional para os acionistas na forma de dividendos e recompra de ações.
• No Dia Internacional da Mulher de 2018, a Cummins lançou o programa Cummins Powers Women, nosso compromisso com o avanço e a prosperidade de mulheres e meninas em todo o mundo.
• A Cummins foi indicada para a lista Ethisphere 2018 das Empresas Mais Éticas do Mundo pelo 11º ano consecutivo pelo Ethisphere Institute.
• A DiversityInc nomeou a Cummins como uma das 50 Melhores Empresas pela Diversidade pelo 12º ano consecutivo. A Cummins ficou em 12º lugar na lista anual de 2018, que incluiu mais de 1.000 empresas participantes.
• A Cummins recebeu a maior classificação possível por seu desempenho ambiental e social do Institutional Shareholder Services (ISS), uma importante fonte de informações para investidores institucionais.
• Anunciou a criação do Segmento de Negócios de Energia Elétrica e concluiu a aquisição da Efficient Drivetrains, Inc. (EDI), baseada no Vale do Silício, que projeta e produz soluções de energia híbrida e totalmente elétrica para veículos comerciais e também a Johnson Matthey Battery Systems.

A Cummins é líder mundial em energia, é uma empresa do segmento de negócios complementares que projetam, fabricam, distribuem e atendem um amplo portfólio de soluções de energia. Os produtos da empresa vão de motores a diesel e de gás natural a plataformas híbridas e elétricas, bem como tecnologias relacionadas, incluindo sistemas de bateria, sistemas de combustível, controles, controle de ar, filtragem, soluções de emissão e sistemas de geração de energia elétrica. Com sede em Columbus, Indiana (EUA) desde a sua fundação, em 1919, a Cummins emprega atualmente cerca de 58.600 pessoas comprometidas com a promoção de um mundo mais próspero. A Cummins atende clientes em cerca de 190 países e territórios por meio de uma rede de cerca de 500 parceiros e distribuidores independentes, e aproximadamente 7.500 pontos de revenda. A Cummins teve um faturamento de 1 bilhão de dólares em vendas, do total de 20,4 bilhões de dólares em 2017. Siga a Cummins no Twitter www.twitter.com/cummins e no YouTube www.youtube.com/cumminsinc

Cummins Brasil – Maior fabricante independente de motores Diesel, componentes e grupos geradores, é uma corporação de unidades de negócios complementares que projetam, fabricam e distribuem motores, serviços e tecnologias relacionadas, incluindo sistemas de combustível, turbos, filtragem, soluções para emissões e sistemas de geração de energia elétrica. Presente no país desde 1974, produz uma variada gama de motores para diversos segmentos do mercado, entre caminhões de todos os portes, pickups, ônibus, aplicações estacionárias, máquinas de construção, equipamentos agrícolas, máquinas para mineração e aplicações marítimas. Sua principal unidade fabril, com capacidade de produção de 500 unidades de motores por dia, está localizada no município de Guarulhos (SP), onde estão as áreas de motores, geradores, turbos e soluções de emissões. E em Bonsucesso, a unidade Filtration.

CASA DA MÃE JOANA.
Por Marli Gonçalves*

E NÃO É MENTIRA!

Se há alguns anos algum vidente nos revelasse o que aconteceria no Brasil, na política, na economia, na sociedade, mandaríamos internar o meliante por charlatanismo, o prenderíamos por estelionato e até quem sabe o acusaríamos de mau brasileiro e de tentativa de golpe. No próximo dia 1º de abril – sim, já praticamente chegou – qualquer mentira que tentarmos pregar será muito menor do que a realidade. Você acreditaria se tivessem te contado isso?

O mito vai despencar na aprovação da administração e forma de governar em menos de cem dias do governo, e uma decepção geral entre seu eleitorado logo será sentida no ar que se respira. Dois ex-presidentes da República serão presos, um popular e outro totalmente impopular, este último, inclusive, será preso de forma açodada, no meio da rua, tirado do carro e levado para outro Estado.  Filhos do presidente que será eleito com grande maioria criarão problemas diários e levarão o governo à bancarrota; reformas previstas podem não sair do papel. Virão do Supremo Tribunal Federal ordens para que sejam investigados e presos autores de ameaças, e assim os julgadores é que irão atrás dos julgados, numa certa controvérsia de papeis. Haverá quem dê mais atenção e valor às notícias falsas do que às apurações da imprensa. Grupos acenderão velas e rezarão muito para que a economia ande, senão pairará uma nuvem cinza sobre o país, e dela choverão pontos de interrogação.

A oposição tomará um chá de sumiço. Os perdedores quase não serão mais encontrados. De vez em quando alguns aparecerão apenas soluçando pela libertação do grande líder, sem o qual eles não terão a menor ideia do que fazer.

Os militares de alta patente voltarão ao poder, ocupando cargos importantes, oito, para início da conversa. Seu porta-voz será o vice-presidente, também general. Será esse general vice-presidente quem dará as declarações mais ajuizadas, ponderadas, para surpresa geral da Nação, que passará a admirá-lo criando ciúmes no presidente, sua família e auxiliares mais próximos. A Lava Jato, logo depois de seu aniversário de cinco anos, sofrerá revezes, e o seu poderoso juiz que largará tudo para ser ministro se verá confuso no meio de embates políticos e comendo o pão que o diabo amassou para manter seu prestígio, que também poderá ficar abalado e sofrer derrotas.

Um jovem presidente da Câmara será reeleito e de repente se transformará em líder, mais maduro e independente, consciente de sua força na articulação para aprovação de reformas que serão fundamentais para o país, mas que enfrentarão forte resistência popular e política. Também ele será alvo de torpedos apoiados e disparados pelos açodados filhos do presidente, mas responderá um a um com palavras duras, mantendo-se firme na condução do que acredita será a pavimentação de sua candidatura a presidente em uma eleição próxima, quando disputará com outro “jovem”, que será governador de São Paulo e que também só pensa nisso dia e noite.

Ainda na Congresso poderão ser encontradas figuras pitorescas como um ex-ator, inclusive de pornôs, e vários polêmicos ex-jornalistas, que abandonaram a imprensa justamente por acusações que vão desde doideiras gerais a plágios e ligações com a indústria armamentista. Uns logo sumirão ali no meio das raposas; outros tentarão ser as próprias raposas. Farão de um tudo para aparecerem dando declarações sem sentido no horário nobre, quando tentarão se mostrar “assim, ó” com o poder constituído. Poder esse que terá ministros e pouquíssimas ministras; e entre eles alguns que chegarão a ser engraçados quando falarem o que pensam, ou por ignorância ou pela religião que professam. Na internet serão esculhambados diariamente em memes, piadas e charges.

A internet e as redes sociais serão usadas para governar, e eles próprios gravarão vídeos que publicarão em seus perfis e a imprensa terá de correr atrás; assim tentarão não ter de encontrar repórteres e suas perguntas desagradáveis. Formarão um exército de colaboradores internautas, escolhidos entre os mais mal-educados e agressivos, que passarão os dias atacando e ameaçando quem pensar diferente e a imprensa, porque acreditarão piamente que são importantes, que o legal é cantar o hino todo dia, uma educação anódina e uma moral hipócrita. Muitos, aliás, terão como guru um velho astrólogo de direita, catapultado a gênio, que não parará de dar palpites, arrumar encrencas até com os generais, e que nem no Brasil mora.

Querem mais destas previsões, ou será melhor aguardar quais serão as próximas “Máximas da Tosquice” das quais até nós já estamos tendo as visões?

sexta-feira, 22 de março de 2019

SÃO PAULO OKTOBERFEST ESTREIA NO JOCKEY CLUB DE SÃO PAULO COM GRANDES ATRAÇÕES


Os grandes shows de músicas típicas alemãs serão puxados inicialmente pela Banda Cavalinho (foto) e a Banda do Fritz


A 3ª São Paulo Oktoberfest, a maior festa cultural alemã consolidada no calendário oficial da cidade, está confirmada neste ano no período de 20 de setembro a 06 de outubro e deverá fazer sua estreia em um dos cenários mais belos e tradicionais da cidade, o Jockey Club de São Paulo, na zona sul.

No novo local, considerado um patrimônio da capital paulista, a 3ª São Paulo Oktoberfest vai apresentar uma maior variedade de estilos musicais para agradar a uma maior diversidade de público. O novo período do festival, que é simultâneo aos dias da festa de Munique, busca principalmente uma condição meteorológica mais favorável para os visitantes do evento.

As primeiras grandes atrações da São Paulo Oktoberfest neste ano já estão confirmadas. Animarão a festa no primeiro final de semana do festival as bandas nacionais Paralamas do Sucesso, Kiko Zambianchi e Diogo Nogueira.

“Vamos contar neste ano com uma animada diversidade musical com o melhor da cultura alemã e brasileira, e outros gêneros com tendência para o rock, fazendo da São Paulo Oktoberfest uma experiência imperdível para todos os públicos”, afirma Günter Philippi, diretor musical do evento.

Ingressos disponíveis


Os ingressos estarão à venda a partir de segunda-feira, 25 de março, com valor de R$ 54,00 reais para meia entrada e meia entrada solidária, e a inteira a R$ 110,00. Os ingressos poderão ser adquiridos diretamente através do site www.saopaulooktoberfest.com.br.

O festival deste ano vai acontecer nos seguintes horários
Às quintas-feiras das 17h00 às 23h00
Às sextas-feiras das 17h00 a 00h00,
Aos sábados das 12h00 a 00h00
Aos domingos das 12h00 às 22h00

A locomoção para a festa deste ano será facilitada pelo transporte público, que inclui a proximidade com a estação Cidade Jardim, da linha Esmeralda da CPTM, a 500 metros do Jockey Club, além de linhas especiais de vans (CPTM-Shopping Iguatemi-Jockey) e convênio com aplicativos.

Jockey Clube de São Paulo


Inaugurado em 25 de janeiro de 1941 o Jockey Club de São Paulo está localizado em espaço geograficamente privilegiado, em região de grande desenvolvimento econômico, cultural e social. Além disso, seus diversos ambientes, distribuídos em impressionantes 600.000 m², permitem incontáveis variações e se adequam aos mais variados formatos de eventos.

Com suas excepcionais dimensões o Jockey Club de São Paulo oferece segurança, área verde, estacionamento e diversos portões de acesso para receber desde pequenos até megaeventos com o mais belo skyline da cidade.    

A festa


A São Paulo Oktoberfest recebeu em suas duas primeiras edições um público superior a 150 mil pessoas, sendo que quase 20 mil vieram de fora da região metropolitana de SP. Em 2019, com uma programação ainda mais diversificada com a presença de grandes bandas nacionais, ela deverá superar o público da festa do ano passado, que foi de 80.000 visitantes.

A Oktoberfest, criada em Munique, na Alemanha, tem mais de 200 anos na história mundial e entrou definitivamente para o calendário oficial dos eventos estratégicos de São Paulo em 2018, trazendo para a maior capital da América Latina uma animada experiência com a cultura alemã.



METRA COMEMORA 100 MILHÕES DE LITROS DE ÁGUA POUPADOS EM DEZ ANOS


A sustentabilidade e a preservação ambiental e dos recursos naturais fazem parte da filosofia da Metra, operadora do Corredor Metropolitano ABD. Na semana do Dia Mundial da Água, a empresa reforça suas ações voltadas para o sistema de reuso de água que proporcionam economia anual de 10 milhões de litros, o equivalente a aproximadamente quatro piscinas olímpicas, com 50 metros de comprimento e 25 de largura, ou 10 mil caixas de água residenciais com mil litros cada.

Com foco na sustentabilidade, no meio ambiente e em razão da limitação e escassez hídrica, desde 2008 a Metra implementou o projeto de reciclagem da água por intermédio do sistema de reuso, visando a conservação desse recurso natural. De acordo com a sua política de preservação ambiental e de responsabilidade empresarial, a empresa passou a utilizar água potável proveniente da SABESP somente para consumo humano e aplicação nos vestiários e banheiros (chuveiros, torneiras das pias e descargas sanitárias).

Para as atividades de lavagem dos seus 280 ônibus e trólebus, de peças, áreas dos corredores e calçadas da empresa e também dos pontos e terminais, a Metra utiliza água de reuso por intermédio do sistema de reciclagem. Para essas operações, usa detergentes e materiais biodegradáveis que não agridem o meio ambiente.

Toda a água utilizada nessas operações é segregada e direcionada para a estação de tratamento de efluentes da empresa ETE, onde são realizados os processos físico e químico com avançados equipamentos. Esse tratamento permite que a água seja sempre utilizada nas diferentes aplicações, como lavagem dos ônibus, calçadas da sede da empresa, dos pontos e terminais e da estrutura dos corredores, por intermédio do sistema de reuso ou reciclagem. Para ainda maior eficiência e redução do consumo nas operações da Metra também toda a água da chuva captada nas calhas de estruturas da empresa é encaminhada para a estação de efluentes para tratamento.

O sistema de reuso traz diversas vantagens não somente para a Metra, mas para toda a sociedade. Por ser um importante usuário de água, é fundamental que o setor industrial tenha o seu desenvolvimento de forma sustentável, adotando práticas como o uso racional e eficiente. Para a empresa, é de suma importância que a água possa ser reutilizada, no próprio processo e em outras atividades. Com a implantação de algumas dessas práticas é possível reduzir os custos financeiros e manter o comprometimento com as questões ambientais e sociais.

Além do sistema de reuso da água, a Metra desenvolve outras boas práticas ambientais, como coleta seletiva, canecas retornáveis e gerenciamento de resíduos sólidos de forma ambientalmente correta, com respeito aos padrões do projeto dos 3 R’s (reduzir, reutilizar e reciclar), além de compostagem das podas de árvores dos jardins do corredor de trânsito dos ônibus (transformação do resíduo verde em adubo orgânico) e plantio de árvores, entre outras ações de preservação ambiental.

Metra
Secco Consultoria de Comunicação.

Leia> O Brasil Sobre Rodas

PROJETO "CUIDAR DE QUEM CUIDA" PÕEM EM PAUTA "QUANDO NASCE UM PAI?"


Atividade reforça a importância de momentos entre pais e filhos


Para estimular a integração e reforçar a importância de o papai arrumar um tempinho na agenda para desfrutar de bons momentos com seus filhos o Sesc São Caetano oferece o ciclo de ações para primeira infância "Cuidar de Quem Cuida " que terá como tema "Quando nasce um pai?",  onde receberemos os pais e produtores de conteúdo nas redes sociais, Helio Gomes e Rodrigo Bueno, que em bate papo, seguido de uma oficina de criação de cartas ilustradas de pais para filhos, intituladas "Cartas para o futuro" discutirão paternidades nos dias atuais. A atividade ocorre sábado dia 30 de Março a partir das 14h no Espaço de Brincar, local que recebe programação dedicada a crianças entre 0 e 6 anos, é gratuita e aberta ao público geral.

Hélio Gomes é pai e criador do primeiro podcast de paternidade afro, o "Afro Pai" onde discute o exercício cotidiano da paternidade seus desdobramentos e as marcas sociais e raciais que atravessam. 

Rodrigo Bueno é pai, quadrinista e criador da página "Diário Ilustrado da Paternidade" e co-autor do livro "Bebegrafia". Mostrará o cotidiano da paternidade sob a ótica da paternidade, e não da maternidade.

Visto como uma ação de cidadania o projeto "Cuidar de Quem Cuida "  tem como ideia compreender o universo dos pequenos para o reforço dos laços mais íntimos entre pais e filhos. É comum que às vezes não seja possível aos pais participarem o tempo todo das brincadeiras com as crianças, mesmo que a criança tenha a capacidade de se divertir sozinha, a participação dos pais nessa atividade também é essencial para a segurança infantil, seu sentimento de pertencimento e para você, pensando que respeitar e participar desse momento lúdico com as crianças é uma atividade simples, que pode ser incorporada ao cotidiano familiar.

Serviço
Sesc São Caetano
Rua Piauí, 554 
Santa Paula – São Caetano do Sul
Dia 30 de Março
Horário: 14h
Recomendação etária: livre
Vagas: 20
Ingressos: Grátis
Telefone para informações: (11) 4223-8800
Para informações sobre outras programações acesse o portal sescsp.org.br/saocaetano
Funcionamento Espaço Brincar
De segunda a sexta, 9h às 20h, sábados e feriados, das 9h às 17h30
Horário de atendimento/bilheteria do Sesc São Caetano
De segunda a sexta, 11h às 20h, sábados e feriados, das 9h às 17h30

Sesc São Caetano
Assessoria de Imprensa

Leia> O Brasil Sobre Rodas

quinta-feira, 21 de março de 2019

MARCOPOLO ABRE MERCADO DE TRABALHO A MAIS DE 100 PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

Na semana em que é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down, a Marcopolo completa mais de 10 anos de criação do Programa Envolver


Colaboradores da Marcopolo com Síndrome de Down do Projeto Envolver

Desde 2008, a Marcopolo tem o compromisso de contribuir para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, através do desenvolvimento de competências técnicas e comportamentais e assim estimular o crescimento e a autonomia.

O programa contempla a inclusão de profissionais com diferentes deficiências, conforme estabelecidas na legislação, tais como auditivas, visuais, físicas, intelectuais e reabilitados.

Os profissionais com deficiência aprendem com os monitores a desenvolver habilidades alinhadas com as necessidades individuais, tais como treinamento em destreza manual e utilização de ferramentas; reconhecimento de peças e processos de montagem; socialização; disciplina; responsabilidade e trabalho em equipe.

Atualmente, a Marcopolo possui quadro de mais de 100 colaboradores com deficiência intelectual e nesse perfil há profissionais com Síndrome de Down. Contratados conforme a CLT vigente, possuem todos os benefícios de direito e estão alocados no treinamento, na fabricação e na logística, realizando atividades para a estofaria, pré-montagem, costura, chicotes elétricos, entre outros.

Programa Envolver

Criado em 2008, o Programa Envolver teve início com 73 pessoas com deficiência. Em virtude do reconhecimento dos resultados obtidos na inclusão de pessoas com deficiência, transformou-se referência nacional neste terma.

Marcopolo
Secco Consultoria de Comunicação

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

MERCADO DE ROBÔS COLABORATIVOS CRESCE 60% EM 2018.


De acordo com um relatório da Interact Analysis, a indústria do setor de cobots, ou seja, robôs colaborativos, já havia registrado em 2017 uma movimentação relevante de aproximadamente 400 milhões de dólares. Entretanto, 2018 apresentou números ainda mais importantes, com um crescimento de 60%, fazendo a movimentação ultrapassar 600 milhões de dólares. Boa parte dessa aceleração se deu devido à disponibilidade de robôs colaborativos de grandes fabricantes, como a Universal Robots (UR), uma das líderes do mercado.

A ascensão da demanda dos cobots é a mesma gerada por fatores que têm impulsionado a automação: a falta de trabalhadores qualificados disponíveis e custos trabalhistas crescentes. A expectativa é de que outros fatores específicos suportarão a elevação da demanda, como a necessidade de maior flexibilidade da automatização, a exigência de liberar mais espaço no chão das fábricas e de eliminar cercas de segurança utilizadas em robôs convencionais.

O mercado de cobots tem previsão de manter o crescimento anual na ordem de 60% pelos próximos dois anos. E as perspectivas futuras seguem positivas, com expectativa de taxa de crescimento anual composta (CAGR) estimada em 35% até 2027.

De acordo com o gerente da Universal Robots no Brasil, Denis Pineda, a demanda por cobots foi diversa e fragmentada em vários segmentos da indústria. “A aplicação no setor industrial possivelmente continuará pluralizada. No entanto, podemos afirmar que a maior parte da demanda vem de cinco aplicações principais: empacotamento/paletização, parafusamento, abastecimento/descarga de centros de usinagem, transferência de peças entre máquinas e inspeção”, destaca Pineda.

Apesar de os robôs convencionais ainda dominarem a indústria, foi possível perceber que esse mercado se retraiu no ano passado, e novos fornecedores continuam a emergir entre aqueles especializados em cobots, expandindo para novas frentes em que a automação não era possível. Isso explica, em partes, o crescimento elevado do setor de robôs colaborativos e as perspectivas positivas para os próximos anos.

AHK RJ PRORROGA INSCRIÇÕES DE CURSOS DE GESTÃO DE ENERGIA


A Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK-Rio) promove a partir de abril, em parceria com o Programa de Planejamento Energético da COPPE/UFRJ, dois cursos de capacitação no campo de gestão energética.


Voltada a graduados em Engenharia ou Ciências Exatas, a pós-graduação “Gestão Sustentável de Energia - European Energy Manager (EUREM)” tem duração de 18 meses.  O curso EUREM é um treinamento padronizado de educação continuada que permite aos participantes adquirirem conhecimentos técnicos e de gestão de energia, com aplicação à realidade das empresas em que trabalham. Além do reconhecimento brasileiro, a certificação é válida em 33 países da Europa.

Além da pós, a AHK-Rio oferece o curso de extensão “Gestão em Energias Renováveis” (GENRE), que visa a formar profissionais com uma visão ampla sobre o setor e aptos a resolver problemas práticos, bem como desenvolver projetos na área de aproveitamento das fontes renováveis de energia. A duração é de 6 meses. As inscrições para os dois cursos se encerram em 29 de março, e as aulas terão início a partir de abril.

“A gestão energética é um fator crítico e desafiador para empresas que buscam sustentabilidade econômica e ambiental. Estamos contribuindo com a formação acadêmica para um setor que está crescendo muito e é carente de mão de obra qualificada. Ter um certificado com padrão alemão e chancela da Coppe será um grande trunfo para o profissional”, acredita Natasha Costa, responsável pela área de formação profissional da AHK-Rio.

Líder global em energia renovável, a Alemanha vem alcançando marcos importantes em seu esforço para se tornar cada vez mais referência em sustentabilidade. Segundo o Instituto Fraunhofer para Sistemas de Energia Solar (ISE), em 2018, a parcela de energia proveniente do vento, sol, biomassa e água bateu recorde, ultrapassando os 40% da rede elétrica alemã.

Os interessados nos cursos oferecidos pela AHK-Rio podem fazer a inscrição pelo e-mail energia@ahk.com.br. As aulas serão ministradas no Centro do Rio, às terças e quintas-feiras, das 18h às 22h, ou aos sábados das 8h às 17h. Mais informações pelo site www.ahkrio.com.br ou (21) 2224-2123.

quarta-feira, 20 de março de 2019

HELIBRAS ENTREGA ACH130 PARA CLIENTE DE SANTA CATARINA

Como um dos helicópteros mais silenciosos nos céus, o ACH130 estabelece o padrão para operações de turismo por todo o mundo. Foto: Anthony Pecchi.

A Helibras entregou um helicóptero modelo ACH130 para um cliente no Estado de Santa Catarina. A aeronave em configuração VIP é a oitava desta categoria entregue no estado e será utilizada para transporte privado. A Helibras é líder de mercado em Santa Catarina, com mais de 50% da frota em operação.

A configuração do ACH130 conta com interior de luxo, com couro escuro e bordados finos que harmonizam com o seu exterior perolizado. A aeronave possui o que há de melhor em tecnologia embarcada, como painel digital Garmin G500H, sistema detector de descargas elétricas e GPS Garmin GTN750 Touchscreen. O Fenestron, rotor de cauda carenado, garante mais tranquilidade nas operações em áreas confinadas, como por exemplo, pequenos helipontos ou helidecks de iates.

A geografia de Santa Catarina é composta por áreas litorâneas e montanhosas, que exigem grande desempenho em altas temperaturas e altitudes. Por isso, o modelo tem sido o preferido dos empresários desta região por unir conforto, potência e capacidade de carga. O helicóptero tem capacidade para transportar até sete adultos e amplo espaço para bagagens.

A Airbus Corporate Helicopters, identificada pela logo ACH, oferece ao mercado de aviação executiva consultoria e design diferenciados, com opcionais e serviços sob medida que vão desde o acabamento do interior da cabine dos helicópteros até serviços exclusivos, atendendo aos requisitos mais exigentes. Espelhando-se na bem-sucedida marca da Airbus Corporate Jets (ACJ), a ACH fornece uma experiência de propriedade exclusiva de ponta a ponta, que inclui desde consultorias que ajudam os clientes a escolher a aeronave certa e a projetar um estilo sob medida, até o serviço de apoio ao estilo concierge que, além de garantir a maior disponibilidade do helicóptero em qualquer lugar do mundo, ajuda a preservar o valor de revenda da aeronave como resultado de um cuidado e apoio dedicados.

MORDIDA ERRADA PODE CAUSAR DORES DE CABEÇA E ATÉ DISFUNÇÃO NA MANDÍBULA.

A mordida errada é um dos problemas odontológicos mais frequentes e pode ser uma consequência de diversos fatores, como genéticos, endócrinos, ambientais ou consequência de maus hábitos (mastigar tampas de canetas ou roer unhas). O problema é estrutural e resulta nos desencontros dos arcos do maxilar no momento em que a boca se fecha.

Como consequência a mordida errada pode causar dificuldade na mastigação, na respiração, no desgaste dos dentes, dores de cabeça, gerar DTM (disfunções temporomandibulares) e desarmonia facial.

Segundo o serviço de Neurologia do Hospital das Clínicas da UFMG, cerca de 80% das pessoas com enxaqueca apresentavam algum tipo de DTM - disfunções temporomandibulares (nas mandíbulas). A dificuldade em diagnosticar a disfunção ocorre porque o paciente procura tratamento para um único sintoma que o incomoda.

Algumas das principais mordidas erradas são: prognatismo (queixo se projeta para frente), retrognatismo (falta de desenvolvimento da mandíbula, aparência de “queixo pequeno”), mordida aberta (ausência de contato entre os dentes superiores e inferiores) e mordida assimétrica (algumas articulações ficam sobrecarregadas, trabalhando fora da sua posição adequada e confortável e isso ocasiona dor).

O tratamento para qualquer uma das mordidas erradas deve ser feito com um ortodontista. Porém se houver necessidade o paciente será encaminhado para um bucomaxilo e submetido à uma cirurgia ortognática para uma oclusão perfeita. Hoje no mercado o aparelho auto ligado é o mais tecnológico e que prepara os pacientes para as cirurgias de correção.

Apesar de pouco se falar sobre a fisioterapia, é esse tratamento o responsável por eliminar dores orofaciais, além de preparar o paciente para a cirurgia e garantir um pós cirúrgico de rápida recuperação. A Dra. Fabiana Oliveira explica como o tratamento pode ajudar: “A fisioterapia entra nestes casos para diminuir a inflamação e aliviar a tensão muscular. Os exercícios e recursos terapêuticos ajudam a relaxar a musculatura da face e melhoram os movimentos da mandíbula”.

Quando a pessoa tem que se submeter a cirurgia ortognática significa que irá fazer o procedimento para resultar em uma boa oclusão, colocar o maxilar no melhor encaixe e para promover estética facial, fazendo com que o rosto do paciente mude para melhor.

A cirurgia pode gerar várias sequelas como: edemas volumosos, paresias, parestesias, restrições severas ou moderadas do movimento bucal, alterações dos movimentos mandibulares e faciais, espasmos musculares, dores orofaciais e cefaleias. A fisioterapia, aliada ao tratamento desses casos, tem se mostrado fundamental.

“A fisioterapia realizada imediatamente pode melhorar o tempo de recuperação e agilizar o retorno do paciente a atividades cruciais como a mastigação e a deglutição em até 15 dias (sem esse tratamento é comum a pessoa recuperar a mastigação perfeita após dois meses). Por esse motivo desenvolvi o método New Smile, que possibilita eliminar ou reduzir a dor e os edemas, recuperar a amplitude do movimento, além de estimular e contribuir para o retorno da sensibilidade caso afetada”, explica Dra. Fabiana.

O New Smile acompanha os pacientes antes, durante e após a cirurgia, diminuindo o tempo de recuperação e aumentando a qualidade de vida de quem precisa passar pela cirurgia ortognática.

Após dois anos tentando corrigir a mordida com aparelho fixo, Silvana Aparecida dos Santos, de 50 anos, descobriu que o tratamento mais eficaz para o seu caso era se submeter a cirurgia ortognática. A mordida que não apresentava o encaixe perfeito dos arcos do maxilar, resultou também na dificuldade para dormir por conta da apneia. Silvana fez a cirurgia ortognática em janeiro de 2018 e, logo após o procedimento, começou o tratamento de fisioterapia com a Dra. Fabiana Oliveira.

Depois da segunda seção já foi possível notar grande diferença na recuperação, com diminuição do inchaço e melhora da cicatrização. “O tratamento com a equipe da Dra. Fabiana foi muito importante, o laser cicatrizou os pontos e interrompeu os sangramentos, enquanto as massagens reduziram o inchaço e o choque teve efeito na recuperação da sensibilidade. Além da correção da maxila, o principal benefício que a cirurgia me proporcionou foi ter uma melhor respiração”, completa Silvana.