sábado, 20 de julho de 2019

GOVERNO DE SÃO PAULO DISPONIBILIZA R$ 1 BILHÃO EM CRÉDITO PARA EMPREENDEDORES


O Governador João Doria lançou nesta sexta-feira (19), no Palácio dos Bandeirantes, o Programa Empreenda Rápido, que oferece tudo o que empreendedor precisa para abrir ou ampliar ou seu negócio em um só lugar, reunindo pela primeira vez toda a rede de fomento ao empreendedorismo do Estado em uma única plataforma.


"O emprego, tendo o empreendedorismo como gerador de emprego e renda, e a segurança pública, esses são os dois pilares do Governo do Estado de São Paulo. Por isso a nossa decisão de colocar R$ 1 bilhão em quatro anos", comentou o Governador João Doria em coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira. "É um fomento efetivo a atividade econômica no Estado. Isso gera oportunidade, ativa o setor do comércio, serviços e também as pequenas indústrias e isso reponde a obrigação de um governo que elegeu empregabilidade como uma das suas prioridades", reforçou.

No lançamento do programa, o evento incluiu um mutirão para atender os interessados em receber desde instruções para abrir um negócio até empréstimos para financiar suas ideias.

"Foi a primeira vez que nos reunimos para entender a realidade dos empreendedores brasileiros. Agora eles vão entrar na plataforma e ter fácil acesso aos diversos serviços que antes não eram prestados ou já aconteciam, mas em pequena escala", comentou a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

Além de conhecerem a plataforma do Empreenda Rápido, os empreendedores formais e informais tiveram atendimento nos seguintes serviços: 


- Abertura de empresa com agilidade
- Opções de crédito com as melhores taxas de juros do mercado (a partir de 0.35% ao mês)
- Cursos de gestão e educação financeira do Sebrae SP
- Inscrição em cursos de qualificação profissional do Centro Paula Souza na carreta do Via Rápida, além de vans do Sebrae Móvel
- Acessar o mercado por meio de parcerias com plataformas digitais
- Toten do Poupatempo para realizar ou solicitar serviços.

O programa é realizado em parceria com o Sebrae SP e conta com a participação do Banco do Povo, Desenvolve SP, Jucesp, Centro Paula Souza e Poupatempo. A iniciativa prevê qualificar 1 milhão de pessoas em gestão empreendedora por ano e conceder R$1 bilhão em microcrédito, por meio do Banco do Povo, nos próximos 4 anos.

Baseados em 6 pilares, Empreenda Rápido irá possibilitar ao empreendedor: 


Qualificação empreendedora: Por meio do Sebrae SP, o programa oferece cursos de gestão e educação financeira. 

Qualificação técnica: O Centro Paula Souza irá oferecer cursos de qualificação profissional através dos programas Via Rápida e SP Criativo. 

- Via Rápida: Oferece cursos gratuitos de qualificação profissional de curta duração, de 100 horas a 160 horas, para jovens e adultos em busca de uma oportunidade no mercado ou de geração de renda. Os cursos são oferecidos de acordo com demandas locais e dinâmicas regionais de empregabilidade.

- São Paulo Criativo: O São Paulo Criativo é uma iniciativa com enfoque na qualificação e formação profissional para o desenvolvimento da criatividade, em um ambiente de aprendizagem que favorece a inovação e o empreendedorismo. A carga horária é de 160 horas a 230 horas e o objetivo é contribuir com a geração de emprego e renda nas áreas de Tecnologia, design, artes, gastronomia, arquitetura, marketing digital, dentre outras que compõem o setor da economia criativa. 

Acesso ao crédito: Por meio do Banco do Povo SP, o empreendedor terá acesso a linhas de microcrédito de até R$50 mil, com as menores taxas de juros entre as instituições financeiras do país, a partir de 0,35% ao mês. E pela Desenvolve SP as micro e pequenas empresas terão acesso a financiamentos de até R$ 500 mil para capital de giro com prazos de 36 meses. 

- Banco do Povo: É um programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico e a criação de oportunidades. Com a menor taxa de juros entre as instituições financeiras do país, o programa credita valores para capital de giro e investimento fixo, como a aquisição de mercadorias em geral, matérias-primas, máquinas, ferramentas, equipamentos, veículos e até mesmo itens para publicidade e divulgação do empreendimento. 

- Desenvolve SP: É a instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo que oferece crédito para as micro, pequenas e médias empresas paulistas, incentivando o crescimento da economia e a geração de emprego e de renda. As opções de crédito da Desenvolve SP atendem todas as necessidades da empresa financiando os projetos de investimento em ampliações e modernizações, a aquisição de máquinas e equipamentos e projetos. O destaque é a modalidade Crédito Digital que aprova capital de giro em até dois dias úteis. 

Formalização: Facilidade e orientação para que o empreendedor possa formalizar seu negócio e abrir sua empresa com agilidade. Ação conjunta da Jucesp e Sebrae SP.

Acesso ao mercado: Em breve, o empreendedor poderá criar sua loja virtual em plataformas parceiras e realizar suas vendas, oferecendo ao consumidor a possibilidade de comprar tudo via internet. Ação do Sebrae SP em parceria com e-commerces de venda online. 

Inovação tecnológica: Em breve, o programa irá oferecer em parceria com o IPT e a Fapesp ações de fomento à inovação e tecnologia para pequenas e médias empresas. 

Metas do Empreenda Rápido


- Qualificar 1 milhão de pessoas em gestão empreendedora por ano
- Conceder R$ 1 bilhão de reais em microcrédito, por meio do Banco do Povo, nos próximos 4 anos
- Formar 250 mil pessoas em cursos técnicos alinhados à gestão empreendedora
- Promover melhores condições aos empreendedores de acesso ao mercado
- Prestar apoio, incentivos e acesso ao ecossistema de Inovação e P&D às PMEs
- Promover, até o final de 2019, a abertura de empresas de baixo risco em até 24 horas e formalização para empreendedores
- Conceder empréstimos para 175 mil empreendedores.

Saiba mais sobre o Programa Empreenda Rápido

sexta-feira, 19 de julho de 2019

CASA DA MÃE JOANA.
Por Marli Gonçalves*

NATUREZA HUMANA E O FEMINISMO


A paixão é da natureza humana. Por ela, enlouquecemos, nos transformamos, às vezes até nos subestimamos. Muitas coisas são da natureza humana, mas é importante pensar sobre elas para modificar essa natureza, especialmente quando mostram seu lado escuro. As mulheres têm uma importância enorme nessa criação e é preciso fazer todos compreenderem muitas das questões que nos diferenciam para que haja paz nessa relação. Simples de entender e apoiar, desde que não haja preconceitos. Muito prazer, esse é o Feminismo.

Feminismo é para todos. Embora seja um movimento predominantemente feminino, pela igualdade de direitos em todas as áreas, luta por questões relacionadas às mulheres e às suas características inclusive físicas, por toda uma série de coisas que deveriam já estar há muito reconhecidas - mas que ainda não estão - diz respeito a todos. A toda a sociedade. Todos os sexos, idades, raças, classes sociais, gêneros. O feminismo trata do aprimoramento da natureza humana. É preciso acabar com os clichês e estereótipos que o envolvem, para que venha à luz. Quando nela chegar e puder ser visto claramente, não haverá dúvida: todos seremos feministas. Quem não for, bom sujeito ou sujeita não é... Não será.

Não é radicalismo. É a lógica. Quem pode ser contra a igualdade salarial entre homens e mulheres exercendo a mesma função? Quem pode limitar – e cada dia mais as mulheres conseguem glórias em novas e espetaculares áreas – as suas atividades, seu avanço? Quem lhes pode negar proteção em suas fragilidades? Quem lhes pode negar seus direitos e necessidades em saúde, justiça, participação na vida pública, tantos passos ainda a serem dados e respeitados?

Apenas os que pregarem a dominação, a injustiça, o machismo, a incompreensão e a violência. E cada dia fica mais claro quem é parte desse grupo que dissemina o ódio, encobre a violência, ainda tenta manter o controle bruscamente, porque percebe que sua derrota se torna inevitável, rápida. Esses se isolarão.

Andam falando muito em mandar as mulheres nas missões espaciais à Lua. Bom. Mas demorou, hein?!? Agora há pouco bateram palmas para a nossa Seleção Feminina de futebol, mas elas há muito estão nessa batalha, e com muitas vitórias, vide Marta, que arrasou mais ainda ao jogar com a sua boca pintada, mulher, ironizando as velhas falas. Conhecemos mulheres interessantíssimas, do mundo inteiro, fortes, corajosas, e enfrentando poderosos.

Informação é fundamental. Mas as mulheres infelizmente, ainda não integram naturalmente as pautas de imprensa, embora vejamos que cada dia mais nela trabalhem, numerosas. Ainda aparecemos, sim, destacadas, mas como ETs e aí todo mundo se surpreende como esta ou aquela mulher chegou tão longe, seja no feito, no poder, no comando. A primeira mulher isso, aquilo vira manchete. Tantas outras passam despercebidas.

Há muito as mulheres vêm sendo assassinadas, violentadas, assediadas, cruelmente, mas foi só em 2015 que se moldou o termo feminicídio, que agora conta essas mortes às centenas; e precisou que estrelas de cinema abrissem as cortinas do espetáculo para que se percebesse o que ocorre todos os dias no trabalho, nos transportes, dentro das casas, nas relações. Assim por diante. Quem pensa nas crianças, que já devem ser educadas para esse novo mundo de igualdades? Quem pensa nas mulheres velhas e sem viço que vagam pelas ruas? Homens podem envelhecer com muito mais tranquilidade e sem cobranças - e vejam que até a Xuxa anda falando muito sobre isso.

Por isso e outras que tenho horror ao termo "empoderamento" que virou chiclete, uma espécie de adesivo. Ninguém precisar dar poder às mulheres, aos homens, aliás, a ninguém. Cada de um de nós o detém. E da natureza humana e de caráter individual encontrá-lo. Seja para ser como se quiser ser, seja para chegar cada vez mais longe.

Falo mais uma vez sobre esse assunto – que quem me acompanha sabe que está sempre na minha mira – porque agora escrevi um livro que chega nas livrarias esta semana, e que lanço oficialmente dia 20 de agosto, aqui em São Paulo: Feminismo no Cotidiano – Bom para as mulheres. E para homens também. Pela editora Contexto, que me convidou para esse que é o segundo livro da coleção "Cotidiano". O primeiro foi de Luiz Felipe Pondé, Filosofia no Cotidiano.

Escrevi sobre o que vejo, vivo, e sei que viveremos ainda por um bom tempo. Realidades, sem teorias, mostrando o que se passou e o que se passa. Voltado para homens e mulheres. Hoje o movimento feminista se apresenta vibrante e abrangente – e talvez por isso mesmo estejamos assistindo a um recrudescimento contra ele, e com teses estapafúrdias. Não precisa se embandeirar.  É só ser. Viver. Deixar viver. Melhorando essa terrível natureza humana que parece sempre buscar conflitos.

Apresento a vocês, com orgulho, meu livro, e a fé de que passemos a andar um pouco mais rápido nesse assunto, ainda com conquistas tão lentas.

* Marli Gonçalves, jornalista. 
Consultora de comunicação, Editora do Chumbo Gordo, autora de Feminismo no Cotidiano – Bom para as mulheres. E para homens também, pela Editora Contexto, e que está nas livrarias e à venda online, pela Editora e pela Amazon
Me encontre
marligo@uol.com.br
marli@brickmann.com.br

Leia> O Brasil Sobre Rodas

INSTITUTO RENAULT APOIA MOVIMENTO QUE BUSCA CONSERVAR E RESTAURAR BACIA HIDROGRÁFICA NO PARANÁ

                                                                                                                   Foto: Jorge Olavo Kintzel/Fundação Grupo Boticário

A bacia hidrográfica do Rio Miringuava é a principal fonte de água de São José dos Pinhais, abastecendo inclusive parte de Curitiba e outros municípios metropolitanos. Cerca de 230 mil pessoas, além de indústrias e produtores agrícolas, dependem do fornecimento de água que vem da bacia. Entretanto, isso pode ser comprometido caso a área não passe por ações de conservação. Para contribuir com a segurança hídrica no futuro e com a realidade socioeconômica da região, a Fundação Grupo Boticário lança o movimento Viva Água em parceria com o Instituto Renault, que busca conscientizar e mobilizar a sociedade para cuidar da bacia do Miringuava.

“No Instituto Renault estamos sempre buscando projetos que impactem positivamente a sociedade. Conservar e restaurar a bacia do Rio Miringuava é uma ação do presente que com certeza trará muitos benefícios futuros, garantindo a continuidade do fornecimento de água para Curitiba e região metropolitana”, afirma Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da Renault do Brasil.

 O movimento Viva Água busca também outros apoiadores da indústria, comércio, poder público e sociedade civil organizada para colocar em prática um plano de melhoria da infraestrutura natural e alavancagem de negócios com impacto social e ambiental positivo na bacia do Rio Miringuava. Miguel Krigsner, presidente do Conselho Curador da Fundação Grupo Boticário, destaca que “O movimento é uma ação estratégica para garantir a segurança hídrica a longo prazo e promover uma transformação ambiental e socioeconômica na região da bacia, beneficiando todos aqueles que necessitam dessa água para suas atividades, seja para a saúde e o bem-estar ou mesmo econômicas”.

Diante do papel vital dos recursos hídricos para toda a sociedade, o movimento Viva Água irá investir R$ 1,5 milhão para os primeiros 18 meses do projeto. A previsão é de que ao todo R$ 6 milhões sejam direcionados nos próximos 5 anos para alavancar as estratégias de conservação e restauração.

Para ampliar o impacto da iniciativa, o movimento também concentrará esforços para articular parceiros na região. “Queremos mostrar para atores de diferentes setores a dependência que negócios e a população têm dos serviços oferecidos pela natureza. A partir dessa conscientização, esperamos que, além de trabalharem com o aumento dos níveis de ecoeficiência interna, também estejam alinhados com ações de conservação da água na sua origem, olhando para fora do seu negócio”, afirma o diretor-presidente da Fundação Grupo Boticário, Artur Grynbaum.

A bacia do Rio Miringuava


Entre os problemas encontrados na bacia hidrográfica do Rio Miringuava estão questões como a escassez hídrica e a grande quantidade de sedimentos nos rios. Em 2018, durante um período de estiagem, muitos poços secaram e os agricultores da região enfrentaram racionamento de água. Já em períodos de chuva intensa, como o enfrentado no final de maio, a quantidade de sedimentos no rio aumenta, podendo limitar a disponibilidade de água e sobrecarregar o sistema de tratamento, acarretando possível elevação de custo e tempo com o tratamento da água.

Diante da importância da bacia do Miringuava para o abastecimento da região, um reservatório está sendo construído na região para garantir o fornecimento contínuo de água. O novo reservatório é um investimento da Sanepar, que já possui uma Estação de Tratamento de Água na bacia. “O Rio Miringuava é um dos mais importantes para São José dos Pinhais seja pela biodiversidade no seu entorno da nascente à foz; seja pela importância econômica, tanto para agricultores, quanto para o turismo rural e as indústrias; e ainda pelo fornecimento de água para o abastecimento da nossa cidade e em breve das cidades vizinhas, considerando a barragem que está em construção”, declara o prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon.

Porém, sem processos de restauração e conservação do patrimônio natural na região, a disponibilidade hídrica da bacia e a qualidade da água que chega para tratamento continuarão a ser comprometidas. “Muitas áreas de preservação permanente encontram-se degradadas na bacia do Miringuava e características de uso e ocupação do solo na região contribuem para o aumento da quantidade de sedimentos e poluentes nos corpos d’água da bacia. Preservar e recuperar a vegetação nativa, assim como a adoção de melhores práticas de uso do solo, podem contribuir para melhorar este cenário”, explica a diretora-executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes. Além da restauração e conservação, o movimento pretende incentivar a agricultura sustentável e o turismo rural na região.

Instituto Renault

Criado há oito anos, o Instituto Renault tem como objetivo promover ações voltadas à sustentabilidade socioambiental, atuando em dois eixos: Mobilidade Sustentável e Inclusão.

No eixo Inclusão, além do Renault Experience a Renault apoia a Associação Borda Viva, para promoção do desenvolvimento social, da segurança alimentar para crianças e do empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e da geração de renda. Cerca de 90 mil pessoas já foram atingidas pelas ações da Associação em parceria com o Instituto Renault.

No eixo Mobilidade Sustentável, destaque para o Programa “O Trânsito e Eu”, de educação para segurança no trânsito, presente de forma permanente em oito municípios do país: Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Arapongas, no Paraná; Pelotas (RS); além das cidades paulistas de São Bernardo do Campo, Santa Bárbara d’Oeste e São Paulo, capital. O programa também desenvolve ações itinerantes em parques, shoppings e eventos. Cerca de 230 mil crianças já foram impactadas pela iniciativa. No mesmo eixo, a Renault já comercializou cerca de 200 veículos 100% elétricos no Brasil a empresas que possuem projetos relacionados à mobilidade zero emissão.

No total, mais de 700 mil pessoas já foram impactadas pelas ações do Instituto Renault. Mais informações no site do Instituto Renault do Brasil. Visite: www.institutorenault.com.br.

Fundação Grupo Boticário

A Fundação Grupo Boticário é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial. A Fundação Grupo Boticário apoia ações de conservação da natureza em todo o Brasil, totalizando mais de 1.500 iniciativas apoiadas financeiramente. Protege 11 mil hectares de Mata Atlântica e Cerrado, por meio da criação e manutenção de duas reservas naturais. Atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e nas políticas públicas, além de contribuir para que a natureza sirva de inspiração ou seja parte da solução para diversos problemas da sociedade. Também promove ações de mobilização, sensibilização e comunicação inovadoras, que aproximam a natureza do cotidiano das pessoas. Visite o site da Fundação Grupo Boticário. Acesse: www.fundacaogrupoboticario.org.br

CAMPANHA DO AGASALHO SBCTRANS INCENTIVA SOLIDARIEDADE DOS COLABORADORES.


Com foco no estímulo à solidariedade, tanto dos seus colaboradores como da comunidade, a SBCTrans realizou, durante os meses de junho e julho, mais uma edição da campanha interna “Agasalhando”. O objetivo é colaborar para proporcionar um inverno mais quente para alguns dos que mais precisam em São Bernardo do Campo. Ao todo, foram doadas cerca de 1.000 peças de roupa que entregues à duas entidades indicadas pela Prefeitura de São Bernardo do Campo.

Para estimular ainda mais a participação dos seus colaboradores, a SBCtrans distribuiu, para cada peça de roupa doada, um cupom para concorrer ao sorteio de um par de ingressos para o show do DJ Dennis, Thiaguinho e Léo Santana, na Estância Alto da Serra. Foram premiados 10 colaboradores.

A campanha “Agasalhando” tem como objetivo conscientizar os colaboradores sobre a importância de participar de ações de cidadania, promovendo um inverno mais solidário para a população do município de São Bernardo do Campo. Realizada há cinco anos pela SBCTrans, a edição deste ano teve início no dia 5 de junho e terminou no último dia 19 de julho.

A SBCTrans, fundada em 1998 na cidade de São Bernardo do Campo, conta com frota de mais de 400 veículos, a fim de garantir conforto e segurança aos seus clientes. É considerada a melhor empresa de transporte público de São Paulo e segue com a sua missão de oferecer proximidade, facilidade e qualidade de serviços aos clientes, visando enriquecer a experiência e o trabalho prestado em ritmo elevado de inovação.

SBCTrans
Secco Consultoria de Comunicação

Leia> O Brasil Sobre Rodas

quinta-feira, 18 de julho de 2019

AMERICAN AIRLINES É ELEITA COMO A MELHOR EMPRESA PARA SE TRABALHAR EM TERMOS DE INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

O Índice de Igualdade de Pessoas com Deficiência (DEI – Disability Equality Index, no original em inglês) reconheceu a American Airlines como uma das Melhores Empresas para se Trabalhar em termos de Inclusão de Pessoas com Deficiência, com uma pontuação máxima de 100 pelo quarto consecutivo. O Índice, que é uma iniciativa conjunta da Disability:IN e da Associação Americana de Pessoas com Deficiência (AAPD – Association of People with Disabilities, no original em inglês), utilizaram diversas métricas de inclusão de pessoas com deficiência para avaliar as práticas e políticas de diferentes empresas.

"Receber esse importante reconhecimento é um exemplo do que fazemos melhor como empresa: cuidamos das pessoas ao longo de toda sua jornada de vida", disse Suzanne Boda, Senior Vice-President de Los Angeles e Patrocinadora Executiva da força-tarefa para pessoas com deficiência da American, além de membro do conselho da AAPD. "O mais importante é como nos relacionamos uns com os outros no dia-a-dia, como nossos colaboradores se sentem quando vem para o trabalho e como nossos clientes se sentem quando estão  sob nossos cuidados. Todos os dias, trabalhamos para garantir que nossos colaboradores e clientes se sintam bem-vindos e seguros e que confiem na nossa empresa".

A pontuação máxima atingida no DEI reflete o compromisso da American com a inclusão em categorias como cultura e liderança, acessibilidade em toda a empresa, práticas empregatícias (benefícios, recrutamento, trabalho, educação, retenção e promoção e acomodações), engajamento comunitário e diversidade de fornecedores. Em cada uma das categorias, a companhia aérea apresentou diversos casos de como a liderança garantiu um local de trabalho permeado por diversidade e igualdade.

"A Disability:IN tira o chapéu para a American Airlines por vencer o Índice de Igualdade de Pessoas com Deficiência mais uma vez e por receber a pontuação máxima", disse Jill Houghton, Presidente e CEO da Disability:IN. "Criar um ambiente de trabalho inclusivo para pessoas com deficiência é uma jornada e temos orgulho de como a American Airlines tem se mostrado comprometida em utilizar o DEI como mapa para seus esforços na área de inclusão".

O Relatório do DEI 2019  mergulha ainda mais a fundo nas conclusões e nos resultados do DEI 2019 e pode ser acessado na página: disabilityin.org.

A American Airlines oferece aos clientes 6.800 voos diários para mais de 365 destinos em 61 países a partir dos seus hubs em Charlotte, Chicago, Dallas-Fort Worth, Los Angeles, Miami, Nova Iorque, Filadélfia, Phoenix e Washington, D.C. Com o propósito de cuidar de pessoas durante seus itinerários, os 130.000 membros da equipe global da American atendem mais de 200 milhões de clientes anualmente. Desde 2013, a American investiu mais de US $ 28 bilhões em seu produtos e pessoas, tendo a frota mais jovem entre as operadoras de rede dos Estados Unidos da América, equipada com Wi-Fi de alta velocidade e líder do setor, assentos planos, mais entretenimento a bordo e energia. A American também aprimorou as opções de alimentos e bebidas no ar e no solo em seus salões Admirals Club e Flagship. A American foi recentemente nomeada a Companhia Aérea Global Cinco Estrelas pela Associação de Experiência de Passageiros de Companhias Aéreas e Companhia Aérea do Ano pela Air Transport World. A American é um membro fundador da oneworld®, cujos membros atendem a 1.100 destinos em 180 países e territórios. As ações da American Airlines Group Inc. negociadas na Nasdaq têm o símbolo AAL e as ações da empresa estão incluídas no S&P 500. Saiba mais sobre o que está acontecendo na American visitando news.aa.com e conectando-se à American no Twitter @AmericanAir e em Facebook.com/AmericanAirlines.

American Airlines
JeffreyGroup Brasil

Leia> O Brasil Sobre Rodas

FUNDAÇÃO ESPAÇO ECO PARTICIPA DA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE AVALIAÇÃO DE CICLO DE VIDA.

Por sua reconhecida expertise em desenvolver projetos customizados para empresas e organizações medirem e compreenderem impactos ambientais, sociais e econômicos de seus produtos e processos, a Fundação Espaço ECO (FEE) apresenta cases na VIII Conferência Internacional de Análise do Ciclo de Vida na América Latina, CILCA 2019, que está sendo realizada, até o próximo sábado (20), na cidade de Cartago, na Costa Rica. O evento é promovido a cada dois anos desde 2005 e além da Costa Rica (San Jose), já passou pelo Brasil (São Paulo), Chile (Pucón), México (Coatzacoalcos), Argentina (Mendoza), Peru (Lima) e Colômbia (Medellín).

Nesta edição, o tema central da conferência é o uso da Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) como ferramenta para a competitividade global. Os pesquisadores da FEE Michelle Tereza Scachetti e Max Silva, apresentam ao todo sete cases, sendo cinco apresentações orais e dois na sessão pôster. As experiências compartilhadas são de diferentes segmentos de mercado, como agronegócio, indústria alimentícia e automobilística.


Max Silva e Michelle Tereza Scachetti 

A Avaliação de Ciclo de Vida permite, por exemplo, comparar produtos e processos que desempenham a mesma função. "Um produto mais ecoeficiente é aquele que tiver o menor impacto ambiental e econômico ao longo do seu ciclo de vida, comparado à alternativa", afirma Michelle Tereza Scachetti, da Fundação Espaço ECO. "Este fórum é um ambiente ideal para discutirmos soluções práticas para a implementação de abordagens de ciclo de vida na tomada de decisões estratégicas e operacionais, seja na ciência, na indústria, nas ONGs ou em órgãos públicos", complementa Max Silva, da Fundação Espaço ECO.

O CILCA 2019 visa promover o pensamento sobre o ciclo de vida e suas aplicações como ferramentas necessárias para o desenvolvimento sustentável nas atividades empresariais, acadêmicas, administrativas e do comportamento dos consumidores. O evento reunirá especialistas mundiais em ciclo de vida. 

A Fundação Espaço ECO (FEE) atua como consultoria para sustentabilidade, desenvolvendo projetos customizados para organizações medirem e compreenderem impactos ambientais, sociais e econômicos de seus produtos e processos - com base no pensamento de Ciclo de Vida. A equipe oferece conhecimento para cocriar soluções a uma sociedade em constante evolução, visando apoiar os gestores em suas decisões estratégicas e conscientizar os cidadãos em suas escolhas. Ainda oferece soluções que apoiam certificações e protocolos de sustentabilidade, projetos de conservação ambiental e na concepção e mensuração de impacto de projetos socioambientais.  Criada e mantida pela BASF desde 2005, com a qualificação de OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, atua com a missão de "promover o desenvolvimento sustentável no ambiente empresarial e na sociedade"; reinvestindo os recursos obtidos no financiamento de novos estudos, pesquisas e ações que beneficiam toda a sociedade. Saiba mais pelo site www.espacoeco.org.br, pelo Linkedin ou Facebook.

Na BASF, criamos química para um futuro sustentável. Combinamos sucesso econômico com proteção ambiental e responsabilidade social. Os mais de 122.000 colaboradores do Grupo BASF trabalham para contribuir para o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e em quase todos os países do mundo. Nosso portfólio é organizado em seis segmentos: Químicos, Materiais, Soluções para Indústria, Tecnologias de Superfície, Nutrição & Cuidados e Soluções para Agricultura. A BASF gerou vendas de mais de 63 bilhões de euros em 2018. As ações da BASF são negociadas na bolsa de valores de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurique (BAS). Visite o site www.basf.com.br.

Fundação Espaço ECO
Lead Comunicação

Leia> O Brasil Sobre Rodas

quarta-feira, 17 de julho de 2019

RIO DE JANEIRO RECEBE A SEXTA EDIÇÃO DO OVERLOAD - GAMES EM ALTA VOLTAGEM


Imagine ter um dia inteiro para se divertir e poder aproveitar o melhor do mundo dos games! O sonho de qualquer nerd ou entusiasta do universo geek, vai se realizar na Overload – Games em alta voltagem.


O evento será promovido pela rede de escolas de entretenimento digital Zion para atender os fãs de games da cidade do Rio de Janeiro. As unidades de Caxias e Alcântara vão disponibilizar a arena de jogos eletrônicos com diversos fliperamas e os mais modernos jogos e consoles, tudo isso ao som das bandas de animes e K-POP, grupos de dança do universo geek, youtubers e humoristas para fazer stand up com os alunos. Entre as personalidades confirmadas estão o Léo Gigante, Marcos Castro, Fred Mascarenhas, Daniel Curi, Johny Drumond e Sill Esteves.

Para deixar o evento mais emocionante, também acontecem torneios com os games mais disputados da atualidade. FIFA 19, Just Dance e League of Legends! Além de um campeonato com o Card Game oficial da escola, Heroes of ZION. Todos eles com premiação e dinheiro.Também terá o sorteio de um PlayStation 4 PRO, para a alegria completa do gamers, além de muitas outras coisas.

Para muitos articipantes  as atrações não ficam apenas no mundo dos games. Todo o universo geek/nerd será envolvido, deixando o evento atrativo para todos os públicos apaixonados por cultura pop que vai deixar o Overloand ainda mais eletrizante. Com esse evento a escola visa estimular os alunos a competição de games com prêmios de R$500 - R$2.000 (FIFA - JUST DANCE - LOL), oferecer um dia de diversão e interação entre os alunos das escolas e o público de modo geral.

Outra atração será o time de e e-Sport da Zion formada por alunos com idade entre 15 a 20 anos, que sonham com o reconhecimento profissional, além da oportunidade de geração de renda para a família. Os alunos estão sendo treinados pelo coach, Julian da Costa e já ganham notoriedade nas competições de jogos eletrônicos.

O evento é gratuito. Apenas os torneios são pagos devido as premiações que chegam a 20 mil reais em  dinheiro Para participar, os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site http://overload.escolazion.com.

SERVIÇO
Locais do Evento
ZION CAXIAS 
R. José de Alvarenga, 562 - Centro, Duque de Caxias - RJ
ZION ALCÂNTARA 
R. Silvio Romero 50 - Alcântara - São Gonçalo - RJ

CRONOGRAMA
7h30 - Abertura dos portões para funcionários e jogadores de LoL.
8h - Início do Torneio de LOL (jogadores se instalam e se preparam para a partida).
10h - Abertura do evento para todos.
11h – Inícios dos outros torneios (Heroes of ZION, FIFA, Just Dance).
12h30 – Apresentação da banda (Anime Project em Alcântara e Kyori Band em Caxias).
13h30 – Apresentação do Grupo de K-POP.
15h – Apresentação de Stand Up Comedy.
16h – Concurso de Cosplay
17h – Premiações de Just Dance, Fifa e Heroes of ZION.
18h – Premiação do LoL.
18h30 - Sorteio do PS4 PRO. 

Atrações Overload Alcântara
Daniel Curi e Johnny Drumond do canal Parafernalha e Sill Esteves do Programa Pânico.
Banda Anime Project e Grupo Free Souls.

Atrações Overload Caxias
Marcos Castro do Castro Brothers, Fred Mascarenhas e Gigante Léo do UTC.
Banda Kyori e Grupo Magic Wolf.

TORNEIOS

Torneio de FIFA
Vagas: 32 vagas por unidade.
Ingresso: R$ 10,00 aluno e R$ 15,00 externo.
Prêmio para 1º lugar: R$ 500,00.

Torneio de Just Dance
Vagas: 32 vagas por unidade.
Ingresso: R$ 10,00 aluno e R$ 15,00 externo.
Prêmio para 1º lugar: R$ 500,00. 

Torneio de Heroes of ZION
Vagas para a final: 16 vagas por unidade (inscrições ilimitadas para o Quality)
Ingresso: Na compra de 1 cardgame, você ganha 1 vaga no torneio.
Prêmio para 1º lugar: R$ 1.000,00. 

Torneio de LOL
Vagas: 16 vagas por unidade.
Ingresso: R$ 50,00 time com 1 aluno, pelo menos. R$ 75,00 time sem aluno ZION.
Prêmio para 1º lugar: R$ 2000,00. 

Concurso de Cosplay
Vagas: ilimitadas.
Ingresso: R$ 20,00 aluno. R$ 25,00 externo.
Prêmio para 1º lugar: R$ 500,00. 

Sobre a Zion
Fundada em 14 de abril de 2015 a escola de entretenimento digital tem como meta transformar vidas e garantir a formação de várias profissões como: design gráfico, web design, TV cinema e artista 3D.

A escola tem uma futurista arena de games, aberta ao público, que leva os alunos à loucura com jogos que vão desde óculos de realidade aumentada à simulador de corrida de alto padrão. E não para por aí, um croma key para fotos e gravações, para serem utilizadas pelos alunos com as mesmas técnicas utilizadas nos filmes de Hollywood completa esse ambiente.

Outra característica do espaço é uma escultura de 3 metros, desenvolvida com a mesma técnica utilizadas do maior museu de cera do mundo, Madame Tussaud. No Brasil existem esculturas desse gênero apenas nos museus de Petrópolis, Gramado, Manaus, Foz de Iguaçu, Aparecida do Norte e Niterói é a sexta cidade a apresentar a escultura hiper-realista.

Com cinco unidades instaladas nos bairros Alcântara, Campo Grande, Caxias, Madureira, Niterói e, em breve, Tijuca e uma unidade em Belo Horizonte, a rede tem a missão de capacitar o aluno para a indústria que não para de crescer, transformando o tempo ocioso deles em profissão, para posteriormente devolve-lo ao mercado de trabalho que fatura anualmente cerca de US$ 34,9 bilhões e ultrapassa a indústria cinematográfica.

segunda-feira, 15 de julho de 2019

CNN BRASIL ANUNCIA VICE-PRESIDENTE DE DISTRIBUIÇÃO


A CNN Brasil nomeou para a vaga de VP de Distribuição o executivo Anthony Doyle. Com sólida experiência desenvolvida na área comercial e administrativa de empresas multinacionais, é considerado um dos mais renomados executivos do mercado de TV paga do País.

Anthony, que permaneceu por 24 anos na Turner, onde atuou como vice-presidente  regional de Distribuição entre 2001 e 2019 e diretor executivo de Conteúdo, entre 2011 e 2014, foi responsável pela distribuição de 16 canais no País em parceria com operadores de TV por assinatura, serviços de OTT e  streaming on line com empresas de telecomunicações, venda de conteúdo para TV aberta e desenvolvimento de novos produtos junto com a área de Novos Negócios.

“É um momento de grande satisfação pessoal e profissional. Me sinto honrado em fazer parte da equipe da CNN Brasil, uma marca mundialmente conhecida, de vasta credibilidade e grande produtora de conteúdos originais e exclusivos, fatores preponderantes para as novas oportunidades de distribuição de conteúdo dentro desse mercado”, destaca Anthony Doyle.

Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro, e MBA em Business Administration, na Business School São Paulo/ University of Toronto, o executivo negociou acordos pan-regionais, em parceria com equipes no Chile, México e Argentina e também implementou a área de representação comercial para canais de terceiros no Brasil.

“O Anthony Doyle é um profissional de extrema competência e excelência em resultados. Sua chagada à CNN Brasil significa muito para nós e agregará muito para a equipe”, diz Douglas Tavolaro, CEO e sócio da CNN Brasil.

A CNN Brasil será conduzida pelo grupo brasileiro de mídia, conforme acordo de licenciamento de marca estabelecido com a CNN International Commercial (CNNIC), que abrange o acesso a certas propriedades, incluindo conteúdo da CNN International. O canal de notícias 24 horas estará disponível em 2019 para assinantes da TV paga e também nas plataformas digitais.

CNN Brasil

COM FOCO NA INOVAÇÃO, MARCOPOLO APOIA FASE 2 DO MOVIMENTO HÉLICE

A Marcopolo, em parceria com as Empresas Randon, Florense e Soprano, as quatro idealizadoras do Hélice – Movimento pela inovação, anuncia o início da fase 2 do projeto. Com o objetivo de incentivar a inovação de forma colaborativa, o Hélice foi criado no segundo semestre do ano passado em razão dessas empresas enxergarem a necessidade de mudar a lógica de como inovar e colaborar e a intenção de inserir especialmente a Serra Gaúcha no mapa nacional do ecossistema de inovação.

No último dia 12 de julho, foram apresentados os resultados da Fase 1 do projeto que resultou no desenvolvimento de 13 contratos com seis startups de todo o Brasil em quatro áreas (recursos humanos, marketing/vendas, indústria e logística). Segundo as empresas idealizadoras, o resultado alcançado foi além das expectativas e a possibilidade de trabalhar em conjunto e utilizar a inovação e a tecnologia para solução de alguns problemas (dores comuns) dessas companhias de forma colaborativa fez a diferença.

“A Marcopolo tem na Hélice um parceiro para promover a inovação aberta na empresa, trazendo resultados na eficiência das áreas por intermédio da tecnologia aplicada às principais dores operacionais. Além disso, é um canal para conexão com o ecossistema, indo muito além das startups, como outras empresas e institutos de pesquisa que propiciam resultados para o negócio”, explica Petras Amaral Santos, Head de Inovação da Marcopolo.

No total, com o apoio da ACE Startups foram mapeadas 250 startups no Brasil, sendo 40 pré-selecionadas e 15 escolhidas para apresentarem, em Caxias do Sul, produtos e soluções como foco nos quatro pilares (rh, marketing/vendas, indústria e logística). Na fase piloto, também foram pensadas ações abertas para a comunidade por meio da realização de quatro workshops/mentorias, abertos e gratuitos, que envolveram cerca de 350 pessoas com o intuito de ajudar os empreendedores que têm uma ideia ou para aqueles que já pretendem executar.

Fase 2

Para os próximos meses, na Fase 2, a Hélice começará a trabalhar com ainda mais energia e com pelo menos quatro objetivos claros. O primeiro deles é a inserção de novas empresas associadas. Além das Empresas Randon, Florense, Marcopolo e Soprano outras duas marcas se unem para serem mantenedoras que são Metadados e Universidade de Caxias do Sul (UCS). Seis novas marcas ampliarão a diversidade de mercado para o ecossistema e, principalmente, para promover a mudança na região. São elas: Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), Rede Sim, Sicredi, Sistema Saúde Integral (SSI), Thyssenkrupp e Unimed Nordeste RS.

Com o apoio da Ventiur, a Hélice lançará mais um canal de fomento ao ecossistema por meio de um grupo de investimentos em startups locais. A OCA Brasil será o Hub de Inovação e o movimento fortalece sua rede de apoiadores por meio da Adri Silva Agência de Conteúdo, Dupont Spiller Advogados, Agência Global, SAP, Tivit e Grupo UniFtec.

Outra novidade será a estruturação jurídica do projeto. Com a validação do modelo realizado na Fase 1, o grupo se consolida como Instituto Hélice e passa a contar com o executivo Thomas Job Antunes para liderar as ações do movimento. Thomas é administrador, pela PUCRS, especialista em Gestão de Projetos, pela ESPM, e em Gestão da Inovação, pela Unisinos. Possui oito anos de experiência em inovação, tendo realizado consultoria em gestão da inovação pelo Instituto Euvaldo Lodi/Fiergs e gestão de projetos de inovação na Marcopolo S.A., além de ter liderado a gestão em instituições sem fins lucrativos.

Na Fase 2, a intenção é continuar conectando startups e empresas, trazendo mais resultado para todos. Entre os grandes desafios para a Fase 2 está o de ajudar a fomentar ainda mais os empreendedores locais, por meio de um programa que ajude a acelerar as ideias de startups, suas soluções, fornecendo condições para que elas encontrem na Serra Gaúcha e no Estado um ecossistema que ofereça condições de desenvolvimento.

Marcopolo
Secco Consultoria de Comunicação

Leia> O Brasil Sobre Rodas

EMPRESA BRASILEIRA APRESENTA TECNOLOGIA INÉDITA PARA GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA EM RESIDÊNCIAS


Dados da ABEEólica - Associação Brasileira de Energia Eólica - mostram que os ventos são o segundo recurso mais utilizado no Brasil para a geração de energia elétrica. Ao todo, são 601 parques eólicos, em 12 estados do país. Para impulsionar a geração de energia doméstica, empresa catarinense apresenta ao mercado sistema alternativo de geração de energia limpa que pode ser instalado em residências e pequenos comércios.

A Tek Trade, de Balneário Camboriú (SC), em parceria com a Sua Energia, de Itajaí (SC), apresenta uma tecnologia brasileira de geração de energia eólica produzida na Ásia que pode ser usada em casas, prédios ou pequenos comércios. A turbina 'compacta', em formato de cata-vento, pode ser instalada em locais abertos, no telhado de residências ou até mesmo no topo de prédios, onde há significativa quantidade de vento. O sistema já está à venda no país e gera economia a médio e longo prazo. A estimativa é de que o retorno do investimento seja alcançado em cerca de três anos.

"Foram sete anos de pesquisa e desenvolvimento – da fase de homologação do produto, assinaturas de contratos e certificações internacionais – até chegar à marca própria do para a geração de energia eólica. Uma tecnologia desenvolvida pelo fabricante na asia, patenteada mundialmente no qual a empresa Sua Energia detém exclusividade em todo território nacional, por uma empresa que possui mais de 30 anos de expertise na área. Hoje, o produto nacionalizado após o processo de importação através da parceria com a Tek Trade – que apostou aliada a Sua Energia no potencial dessa inovação ao mercado  –  chega ao mercado com vantagens em relação ao painel solar já que ocupa menos espaço, não depende de angulação relacionada ao sol e não perde em geração durante o dia ou a noite", explica Júlio Cesar Paz, diretor da Sua Energia. 

Outra vantagem que permite instalar de forma segura e eficiente os aerogeradores em todos os estados brasileiros é o respaldo internacional da fabricante para treinar e certificar outras empresas como integradores. "O Brasil tem uma costa de 8 mil km, com grande potencial para explorar a energia do vento, especialmente na faixa litorânea e no Sul do país. Em Balneário Camboriú, por exemplo, a alta velocidade dos ventos nos topos dos prédios, por conta da verticalização à beira mar, beneficia ainda mais a instalação desse sistema. Nossa expectativa em vendas é de 50 unidades em cerca de 2 meses", analisa o diretor comercial da Tek Trade, Sandro Marin.

Entre as instalações, a mais recente foi em Itajaí (SC), no telhado de uma academia do bairro Cordeiros e, responde pela produção de cerca de 1 mil kWh de eletricidade por mês, o suficiente para atender a demanda do estabelecimento. Em Navegantes (SC), um aerogerador foi instalado em um poste metálico para atender uma loja comercial do Bairro São Domingos.  As duas estruturas foram instaladas a cerca de 12 metros do solo. 

Como funciona a tecnologia para a geração de energia eólica



A turbinas eólicas exigem uma velocidade de vento de pelo menos 3m/s antes mesmo de começar a gerar energia. Em pequena escala, um sistema capaz de gerar 1 kWh abastece uma casa com a conta de luz no valor de R$ 300 por mês. 

"Com custo aproximado de R$12 mil para um sistema capaz de gerar 1KW/h, imaginando-se uma instalação em região com ventos de velocidade média de 3 m/s, teríamos um payback (retorno do investimento) em 3 anos. Independentemente do tamanho, se for no litoral com ventos constantes, essa é a média de tempo para o retorno. E diferente da energia solar, esse sistema não depende da incidência da luz. Além disso, não há necessidade de uma área grande para a instalação do sistema. Mesmo assim, o inversor – que transforma a energia contínua para alternada para que seja lido pela distribuidora – será compatível tanto com a energia solar quanto com a eólica, o que poderá maximizar a geração de energia", explica.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) oferece um incentivo para a diversificação da matriz energética brasileira ao permitir que sistemas alternativos de geração de energia limpa doméstica (micro e a minigeração distribuída) injetem a sua produção excedente na rede da distribuidora local. "A energia gerada é contabilizada em kWh no medidor e a fatura representa a diferença entre a geração e o consumo da família.  O saldo positivo é revertido em créditos ao consumidor.  Assim, além de suprir a demanda da casa e pagar menos pela conta de luz mensal, o cliente ainda ganha créditos para descontar nas próximas faturas toda vez que a geração de energia for maior do que o consumo", conclui.

Há cinco modelos de turbinas no portfólio da Sua Energia, que variam de 1 a 10 KW/h de potência. A empresa oferece garantia de três anos para o equipamento e a vida útil estimada do sistema é de 40 anos. Isso resulta em 37 anos de economia em energia elétrica, após o retorno do investimento. O preço desses aerogeradores domésticos pode variar de acordo com a altura, número de hélices (normalmente de três pás) e a potência de geração de energia eólica. A tecnologia possui um rotor interno que funciona com indução eletromagnética.  Ele mantém o sistema girando em inércia, mesmo que a velocidade dos ventos seja baixa.

A Tek Trade é uma empresa catarinense, membro fundador do Sindicato das Empresas de Comércio Exterior do Estado de Santa Catarina (Sinditrade), que atua há mais de dez anos no ramo de importação e exportação no Brasil. Entre uma variada gama de produtos, já importou mais de 15 mil veículos para montadoras e distribuidoras. Atua também na importação e distribuição direta de produtos como autopeças, impressoras 3D e painéis solares.