domingo, 24 de junho de 2018

SAMSUNG ABRE INSCRIÇÕES PARA O PROGRAMA DE ESTÁGIO 2018.

Líder mundial em tecnologia, a Samsung Electronics Brasil está com as inscrições abertas para o processo seletivo da primeira edição do Programa de Estágio. A seleção visa encontrar perfis capazes de atuar em um ambiente dinâmico, inovador, multicultural e que desejam aprender e contribuir para fazer a diferença no cotidiano das pessoas. São oferecidas vagas em diversas áreas, como Marketing, Vendas, Finanças e Gerenciamento do Negócio, Logística, Supply Chain, Serviços e Recursos Humanos.

Os interessados devem estar cursando a partir do 5º semestre de Administração, Economia, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Engenharia, Marketing ou Psicologia. Durante o processo seletivo, os candidatos realizarão testes e entrevistas online, além de participar de um painel com seus futuros gestores.

O programa terá duração de até 18 meses, com início em agosto, e os aprovados receberão bolsa auxílio e diversos benefícios, como assistência médica e odontológica, seguro de vida e vale transporte, além de férias remuneradas e refeições no restaurante na empresa.

O processo de desenvolvimento dos escolhidos seguirá a metodologia 70:20:10, em que 70% do aprendizado acontece durante a execução das atividades no dia a dia, 20% na interação com demais profissionais por meio de feedbacks, orientações ou workshops, e 10% pautado em treinamentos formais, on-line e presenciais.

Os candidatos aprovados contarão com o acompanhamento da área de Gestão de Talentos com o apoio dos líderes das áreas de Suporte e de Negócios, Consumer Electronics e IT & Mobile Communications atuantes no Brasil.

As inscrições podem ser feitas até dia 10 de julho no site da 99Jobs - www.99jobs.com.

Samsung oferece mais do que produtos para você ir além.


A Samsung, líder mundial em tecnologia, oferece um portfólio de produtos para as pessoas que transporem seus limites e barreiras para alcançarem seus sonhos e objetivos de vida. A empresa tem a inovação em seu DNA e investe constantemente em pesquisa em desenvolvimento para oferecer o que existe de mais avançado em tecnologia para seus usuários. As pessoas são o foco principal da marca e, por este motivo, a Samsung oferece uma série de serviços, benefícios e experiências exclusivas para os clientes por meio dos programas de pós venda Samsung Care e Samsung Club, além de eventos de música e esportes, com o Samsung Conecta, e apoia projetos sociais que incentivam aqueles que buscam um futuro melhor,  através do Samsung Social. Nós fazemos o inesperado para que você faça o impossível. #DoWhatYouCan't.

Sobre a Samsung Electronics Co., Ltd. - Samsung inspira o mundo e cria o futuro com ideias e tecnologias inovadoras. A companhia está redefinindo o mundo de TVs, smartphones, wearables, tablets, eletrodomésticos, sistemas de conexão e memória, sistema LSI, fundição de semicondutores e soluções LED


sábado, 23 de junho de 2018

SCHNEIDER ELECTRIC ANUNCIA NOVO PRESIDENTE NO BRASIL.

A Schneider Electric, líder global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação, anuncia o novo CEO para o Brasil. O engenheiro Marcos Alvarenga Matias, 47 anos, deixa a presidência da Zona Andina e assume o comando da subsidiária brasileira, reportando-se a Tania Cosentino, presidente da empresa para América do Sul.


Matias ingressou na companhia em 1989 como estagiário em Projetos. Engajado e com forte orientação para resultado, ascendeu: passou por cargos de gerência, diretoria e vice-presidência em áreas variadas – Produtos, Marketing, Comercial Contas Estratégicas, Serviços e Industrial – até se tornar, em 2012, presidente da Zona Andina, que compreende Colômbia, Equador, Venezuela, Peru e Bolívia.

Engenheiro eletroeletrônico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (São Paulo), com MBA em Marketing pelo Ibmec (São Paulo) e formação no Senior Executive Program da IESE Business School de Nova York (Estados Unidos), além do histórico profissional de peso, Marcos Matias chega ao posto máximo da empresa brasileira com motivação e novas ideias. “O Brasil representa um imenso potencial. Mais do que tendência, a transformação digital já é uma realidade. Setores diversos, como energia, alimentos e bebidas e até agronegócio, têm aderido à Indústria 4.0, com aumento de produtividade e redução de custos”, declara.

Cleber Morais, que ocupava o cargo desde fevereiro de 2016, parte para novos desafios profissionais com a certeza de ter contribuído para a evolução da empresa. “No período em que esteve à frente da operação brasileira, Cleber promoveu o lançamento do EcoStruxure, nossa plataforma e arquitetura de sistema aberta, interoperável e habilitada para IoT. Agora, com entusiasmo, damos boas-vindas ao Marcos, que há anos vem demonstrando profissionalismo e competência na condução dos negócios e que já era nome forte no plano de sucessão da liderança da companhia”, afirma Tania Cosentino.

O EcoStruxure™ é nossa plataforma e arquitetura de sistema aberta, interoperável e habilitada para IoT. O EcoStruxure™ entrega valor agregado em relação à segurança, confiabilidade, eficiência, sustentabilidade e conectividade para nossos clientes. O EcoStruxure™ aproveita os avanços em IoT, mobilidade, detecção, nuvem, análise e segurança cibernética para oferecer inovação em todos os níveis. Isso inclui produtos conectados, Edge Control, aplicativos, análises e serviços. O EcoStruxure™ foi implementado em mais de 480 mil sites, com o apoio de mais de 20 mil integradores de sistemas e desenvolvedores, conectando mais de 1,6 milhão de ativos sob gerenciamento por mais de 40 serviços digitais.

A Schneider Electric lidera a Transformação Digital em Gestão de Energia Elétrica e Automação em Residências, Edifícios, Data Centers, Infraestrutura e Indústrias. Com presença global em mais de 100 países, a Schneider é líder absoluta em Gestão de Energia em Média e Baixa tensão, Energia Segura e em Sistemas de Automação. Fornecemos soluções integradas para eficiência, que combinam energia, automação e software. Em nosso Ecossistema global, colaboramos com a maior comunidade de Parceiros, Integradores e Desenvolvedores em nossa Plataforma Aberta, para entregar controle e eficiência operacional em tempo real. Acreditamos que Pessoas Talentosas fazem da Schneider Electric uma grande Empresa, e que nosso comprometimento com a Inovação, Diversidade e Sustentabilidade garante que “Life is On” seja realidade em todos os lugares, para todas as pessoas, em todos os momentos.

SÉRIE ABREMENTE GANHA 6 NOVOS LIVROS.


Com mais de 50 milhões de cópias vendidas no mundo, Catapulta Editores lança Mini Abremente - Escrever e Apagar.


Uma das séries de livros infantis que mais vendeu cópias no mundo, acaba de ganhar mais 6 lançamentos. A série ABREMENTE, da Catapulta Editores, agora está disponível para na versão ABREMENTE – Escrever e Apagar.

Com seis opções de livros com perguntas e respostas de acordo com níveis de capacidade, os exemplares proporcionam as crianças a experiência da escrita com letras, números, formas e grafismos, possibilitando escrever e apagar o que foi feito e repetir o processo quantas vezes quiser.

Lançamentos que prometem levar mais conhecimento para dentro de casa

Abremente Mini Cursiva
Com a proposta de letramento para as crianças, o livro contém frases para ler e letras para traçar, podendo praticar quantas vezes quiser. Abremente Mini Cursiva é indicado para crianças com idade a partir de 5 anos.

Abremente Mini Formas
Este livro é para introduzir as crianças às noções de geometria. Elas podem observar e identificar a forma em um contexto e aprender a traçá-la com soltura.

O Abremente Mini Formas é sugerido para crianças com idade a partir de 3 anos.

Abremente Mini Grafismos
Já imaginou o seu filho aprendendo grafismo desde cedo? É isso que o Abremente Mini Grafismos propõe.  As crianças podem observar e identificar os grafismos e aprender a traçá-los. Este exemplar e indicado para os pequenos com idade acima de 3 anos.

Abremente Mini Maiúscula
O livro é destinado para as crianças aprenderem as letras maiúsculas e traçá-las. Indicado para os pequenos que possuem mais de 4 anos, o livro é uma proposta desafiante e divertida para as crianças entrarem no mundo da escrita e leitura.

Abremente Mini Minúsculas
Não muito diferente do Abremente Mini Minúsculas, este livro também tem o objetivo de inserir as crianças na escrita e leitura, mostrando as diferentes formas das letras do alfabeto.  Indicado para crianças com mais de 5 anos.

 Abremente Mini Números
Os números não poderiam ficar de fora desta série de livros Mini Abremente. Indicado para crianças com idade acima de 4 anos, as crianças podem aprender a escrever os números e praticar sempre que quiser.

Os livros podem ser encontrados nas maiores livrarias do país a partir de R$ 49,90. Mais informações disponíveis no www.catapulta.net.

CASA DA MÃE JOANA.
Por Marli Gonçalves*

BOLA ROLANDO SOLTA. POR ENQUANTO.


E a gente esperando gols. Pode até ser que em algum campo lá da Rússia ainda saiam alguns, mas aqui na terrinha, quanto mais o tempo passa, maior fica a aflição de como definir qual seleção entrará no campo político ano que vem.

Toda hora lemos o resultado de alguma dessas pesquisas “geniais”, que viram pano para manga para as discussões estéreis. As mais cotadas são sempre as que falam dos candidatos que estariam na frente. O engraçado é que sempre aparece aquele,  o que já foi, mas não é, não poderá ser, e que anda preso. Seguido pelo outro, a ameaça, verdadeiro terrorismo, o contraponto, aquele sem noção que - sabe-se Deus, literalmente, em quais alianças se fia - está nessa disputa sem ter feito até agora nada que preste em seus, anote, sete mandatos na Câmara Federal, esquecendo o tempo em que “nasceu” como vereador no Triste Rio. Sete! Sete vezes quatro, igual a 28 anos. Nada. Só sandices.

Tenho a impressão que as pessoas estão mesmo muito doidas, querendo jogar tudo para cima, bem pro alto, que se exploda tudo, se é que me entendem, que não posso usar termos chulos. O que dá pesquisas que mostram que 62% dos jovens querem deixar o país. Se querer fosse poder, ah, também quero. Mais, eu mesma tenho exemplos de amigos que ultrapassaram os 60 e não só queriam como já estão lá, morando fora, o que exige uma coragem superior em muito à dos jovens.

O perigo é maior entre os que se dizem desinteressados, que escutam o galo cantar soluções bruscas em obviedades e nelas acreditam.  Violência? Bala neles. E aí vemos como normais as balas agora vindo até de cima, dos helicópteros, oficiais, sangrando e matando crianças a caminho da escola? Fora a hipócrita e mascarada reação moralista ao avanço da sociedade civil em questões da natureza humana que jamais serão brecadas; eles podem achar que sim, que há “cura”, que a moral deles é que é a boa. Não, queridos, essas partidas vocês perderam. Sinto muito. Olhem para os lados.

Mesmo entre pessoas de nível médio, cansadas do dia a dia de revelações sobre corrupção, roubos, e às voltas com uma difícil sobrevivência como estamos em tempos de crise, o desatino é grande. Como se pudessem se livrar das responsabilidades. Quem fala mais grosso, acham, pode nos ajudar, como se assim fosse, acima da lei, da organização social, da geopolítica. E, principalmente, acima do bom senso que parece estar proibido de entrar nessa partida. Nossa sociedade mal preparada, uma ampla maioria sem informação, sem estudos, sem compreensão dos fatos,  pode nos levar, sim, mas a um desastre ainda maior e de difícil conserto. Agora, as tais pesquisas apontam que o placar final poderá ser decidido por mulheres de baixa renda.

Às vezes também acho que essas verificações de opinião, dependendo do momento, podem produzir o paradoxo: fake news verdadeiras. Correm para onde o vento sopra, mas com um ventilador ligado. Fico impressionada com a falta de qualidade dos questionários – verifiquei isso todas as vezes em que fui “pega” para responder algum deles. Os de faculdade, então, em geral são totalmente embandeirados, e os pesquisadores jogam cumprindo tabela.

No meio do campo, a bagunça é geral. As divididas, então, nos deixam mais caídos que o Neymar. Porque se antes eram duas, agora as torcidas estão esfaceladas e pior: mais rachadas no campo dos gols possíveis, ao centro e à esquerda.

Quer saber? A bola está rolando mesmo muito solta por enquanto. O que preocupa, se não poderá ocorrer o pior. Uma vitória por W.O. – já que estamos tão preocupados com futebol.

Brasil, 2018.






* Marli Gonçalves, jornalistaEstou aqui fazendo aquele sinal que pede o tal árbitro de vídeo, o quadrado riscado no ar. Quero ver o que vai acontecer quando a campanha começar de verdade na tevêTenho um blog. Divertido e informante ao mesmo tempo, no marligo.wordpress.com. Estou no Facebook e no Twitter. Visite o "Chumbo Gordo": www.chumbogordo.com.br. e-mails: marli@brickmann.com.br e marligo@uol.com.br.


Leia> O Brasil Sobre Rodas.

HELIBRAS CELEBRA FORMAÇÃO DE 15 MIL ALUNOS EM SEU CENTRO DE TREINAMENTO.

O Centro de Treinamento da Helibras em Itajubá (MG) atingiu um importante marco em sua história ao formar o aluno de número 15 mil. A contagem é feita desde 1979, um ano após o surgimento da empresa em Minas Gerais, e inclui diversos treinamentos para pilotos e mecânicos, como reciclagens e qualificações de tipo para os modelos da Airbus Helicopters, incluindo o H145 e o H135, implementados neste ano no mercado brasileiro.

O marco foi atingido após o treinamento de operação do TDMS Naval (Naval Tactical Data Management System) do H225M para os aviadores da Marinha do Brasil. Quatro aviadores navais concluíram com sucesso e o aviador da Marinha do Brasil, Capitão Tenente Rodrigo Roque da Silva de Miranda, foi o aluno de formação número 15 mil.


"Essa conquista é mais um importante passo em nossa história. São 40 anos colaborando para o desenvolvimento da aeronáutica brasileira e habilitando os profissionais do ar a operar os nossos mais diversos modelos. Parabenizamos e agradecemos a todos profissionais envolvidos nesse marco, assim como nossos alunos e instituições parceiras que contribuíram para esta conquista", celebra Alberto Duek, Vice-Presidente de Operações da Helibras.

Além do Centro de Treinamento de Itajubá (MG), a Helibras também conta com o Centro de Simuladores no Rio de Janeiro (RJ), inaugurado em agosto de 2015, que oferece treinamento para os operadores dos helicópteros H225 e H225M no moderno Full Flight Simulator (FFS), único simulador para esses modelos instalado nas Américas.

A  Helibras é a única fabricante brasileira de helicópteros, subsidiária da Airbus, líder mundial nos segmentos aeroespacial e de serviços relacionadas à defesa. Em seus 40 anos de atividades, a Helibras já entregou cerca de 800 helicópteros no país. É líder do mercado brasileiro com participação de 50% na frota de helicópteros a turbina e mantém instalações em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Atibaia e Brasília. Sua fábrica, que emprega mais de 500 profissionais, produz as aeronaves H125 – Esquilo e H225/H225M, além de executar modernizações  de aeronaves. A empresa também customiza diversos modelos que atendem os segmentos civil e militar. Em 2017, a Helibras registrou faturamento total de R$ 519 milhões. 

A Airbus é líder mundial em aeronáutica, espacial e serviços relacionados. Em 2017, registrou faturamento de €59 bilhões de euros redeclarado dentro do padrão IFRS 15 e empregou cerca de 129 mil profissionais. A Airbus oferece a mais completa gama de aviões de passageiros de 100 a mais de 600 assentos. A empresa também é a líder europeia no fornecimento de aviões-tanque, de combate, transporte e missão, bem como uma das empresas espaciais do mundo. Em helicópteros, a Airbus fornece as mais eficientes soluções em modelos civis e militares em todo o mundo.

TEATRO GRATUITO PARA MILHARES DE PESSOAS EM HOSPITAIS PÚBLICOS DE SÃO PAULO.


Desde 30 de maio, pacientes, acompanhantes e profissionais da saúde de diversos hospitais públicos da cidade terão cenas gratuitas de teatro em seu dia a dia.


A quinta temporada do programa sociocultural "Arte nos Hospitais", idealizado e produzido pela ONG Canto Cidadão leva teatro profissional gratuito a milhares de pacientes, acompanhantes e profissionais da saúde de hospitais públicos e filantrópicos da Grande São Paulo.

O tema deste ano é "Onde nascem os encontros?", com cenas inéditas criadas a partir das potências humanas que geram vontade de realizar encontros, e ainda melhor, bons encontros. Por exemplo, a mobilização que o amor é capaz de fazer na vida de alguém; a amizade que se estende por toda a vida; o acaso, que às vezes promove encontros surpreendentes; entre outras potências. Para tanto, as seis cenas contam episódios reais da vida das atrizes e atores do elenco.

Nesta nova temporada, as apresentações serão realizadas em 15 hospitais públicos e filantrópicos, em São Paulo-SP, Barueri-SP e São José dos Campos SP. Até o mês de novembro, serão 64 visitas, com 576 cenas apresentadas em recepções, salas de espera, corredores, áreas internas, quartos e até em UTIs.

Criado com o objetivo de democratizar o acesso ao teatro e contribuir para a melhoria das relações humanas em ambiente hospitalar, o "Arte nos Hospitais" chega à sua quinta temporada tendo beneficiado mais de 70 mil pessoas em sua história. A temporada 2018 conta com o patrocínio da Johnson & Johnson, o incentivo da Lei de Incentivo à Cultura e a realização do Canto Cidadão e do Ministério da Cultura do Brasil.

"A cada temporada, percebemos a potência do teatro para a realização de bons encontros no ambiente hospitalar. Desde a recepção até a UTI, as cenas contam histórias da vida real, que sensibilizam e fazem o público rir porque se reconhecem em cena. Queremos, por meio da arte, promover um momento de fortalecimento dos bons encontros das pessoas consigo mesmas e com o mundo ao redor." explica o diretor-fundador do Canto Cidadão e responsável técnico do projeto, Felipe Mello.

Canto Cidadão – ONG que desde 2002 utiliza a arte, a comunicação e o protagonismo para sensibilizar e agir por meio de programas sociais nas áreas da saúde, educação e cultura. Suas atividades já beneficiaram diretamente mais de três milhões de pessoas. 

quinta-feira, 21 de junho de 2018

FBO DA DASSAULT FALCON SERVICE AVANÇA PARA O FUTURO.

A sala de atendimento para passageiros e tripulantes, com área privada para descanso e sala de reuniões renovada são alguns dos destaques do novo FBO, em Paris-Le Bourget.



O FBO (Operação em Base Fixa) da Dassault Falcon Service (DFS) em Paris-Le Bourget passou por uma grande reformulação visando melhorar, substancialmente, o conforto e a qualidade dos serviços oferecidos aos passageiros e tripulantes que viajam pelo aeroporto.

O reformado FBO possui um salão de tripulação redesenhado com um espaço amplo e luminoso, banheiro totalmente equipado, além de uma área privada onde os tripulantes podem descansar e relaxar. A área, apelidada de “snooze room”, está equipada com um inovador “energy pod” com posição de gravidade zero que oferece uma música composta especialmente para o relaxamento, com uma sequência suave de luzes e vibrações programadas. Outras características incluem uma sala de reuniões completamente renovada e uma nova área de trabalho para a tripulação, equipada com telas de TV e acesso de alta velocidade à Internet.


A instalação – eleita a FBO número 1 de Le Bourget – faz parte da rede Air Elite, uma cadeia de FBOs distribuídas em todo o mundo, todas projetadas para atender a uma relação específica de aeroportos, de acordo com padrões de qualidade de instalações e serviços. O FBO trabalha com cerca de 5.000 deslocamentos de aeronaves por ano e atende a uma ampla gama de aviões.

O FBO está localizado ao lado da oficina de manutenção da Dassault Falcon Service, em Le Bourget. O setor fornece uma ampla gama de serviços de manutenção, modernização da cabine, STCs e fretamento aéreo para usuários de Falcon na Europa, África, Oriente Médio e Ásia. É a maior instalação de manutenção do mundo dedicada exclusivamente aos jatos executivos da Falcon.


quarta-feira, 20 de junho de 2018

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL: SUA EMPRESA REALMENTE ESTÁ NO CAMINHO CERTO?
Por Freddy Pelucio*

Quando questionadas sobre a jornada da Transformação Digital, praticamente todas as empresas afirmam ter iniciativas neste sentido, mas será que estão realmente no caminho certo? Ou estão apenas fazendo pequenas melhorias usando tecnologias inovadoras? Como saber se sua empresa está trilhando o caminho para a verdadeira Transformação Digital? A Transformação que deixará a organização totalmente alinhada e harmonizada ao Mundo Digital.

Para que a Transformação Digital seja real e efetiva, é necessário que seja transformadora! A "transformação digital" está mudando profundamente a sociedade onde vivemos e os mercados onde as nossas empresas atuam com uma rapidez nunca vista antes na história. As empresas devem transformar-se nesta mesma velocidade, mudando os processos produtivos, modificando os serviços existentes, criando novos ecossistemas, novos serviços, produtos e modelos de negócio, tendo como ponto central de sua estratégia a experiência do cliente, tornando-se uma empresa verdadeiramente digital. Trilhar o caminho da transformação digital, ou seja, passar a ter modelos de negócios digitais significa, necessariamente, passar por uma mudança radical dos processos organizacionais.

Para que a transformação seja uma a realidade, é fundamental que aconteça uma mudança de mindset cultural em toda a organização. É preciso repensar as ações dentro da estrutura e também revolucionar o seu próprio mercado. É necessário o despertar da criatividade e a inovação.

As abordagens derivadas do mundo do software estão se espalhando cada vez mais e parecem necessárias, dentro dos novos modelos organizacionais, para incentivar o trabalho em equipe e colaborativo entre os diferentes profissionais e habilidades de nossas empresas. Em contrapartida faz-se necessário adotar equipes e organizações separadas dentro da mesma empresa durante a jornada da Transformação Digital.

A existência de times distintos, trabalhando de forma bimodal, é imprescindível neste cenário, de forma que uma frente tenha foco no planejamento e execução das etapas definidas no plano da Transformação Digital, no amanhã, e a outra frente esteja focada na execução e manutenção dos processos e sistemas atuais, no hoje.

Um ponto crucial neste momento é o estabelecimento de parcerias estratégicas com empresas que detenham conhecimento das tecnologias necessárias alinhadas às necessidades do negócio. O apoio de um parceiro na condução do mapeamento e identificação do nível de maturidade destas empresas em relação às tecnologias disponíveis e quais são mais adequadas aos objetivos da organização, é um dos pilares de garantia da sustentação do Roadmap das ações de transformação. Além disso, o auxílio à identificação e priorização dos temas a serem abordados em planos de ação na jornada, de modo a garantir a convergência aos objetivos estratégicos da organização, é determinante.

A área da Tecnologia de Informação e Automação tem um papel fundamental e pode ser o grande facilitador desta operação. Este é o time que conduzirá as estratégias para aplicação e utilização das ferramentas necessárias para o cumprimento dos objetivos de negócio da empresa. Soluções como inteligência artificial, paperless, chatbot, APIs, machine learning, cloud, big data, analitycs, predictive & prescritive maintenance, real-time, OEE, Iot, CRM, customer experience, entre outras, não se traduzem em ações de transformação digital caso não sejam alinhadas aos objetivos estratégicos do negócio. Por este motivo a importância do parceiro que além de conhecimento de tecnologias, conheça o negócio do cliente.

Outro ponto importante é que a Transformação Digital nas indústrias automobilísticas deve atuar em duas frentes: dentro da fábrica, com foco na excelência operacional do processo produtivo, e fora dela da fábrica, com ações 100% focadas na experiência do cliente.

Dentro da fábrica, soluções integradas que possibilitem avaliação de indicadores em tempo real, integração da cadeia de fornecedores às montadoras, descentralização dos processos decisórios, sistemas modulares, digitalização, manufatura ágil, entre outras, são exemplos das ações necessárias que devem ser tomadas internamente sempre orientadas aos objetivos de negócio para construção da transformação digital.

Ao mesmo tempo, do lado de fora da fábrica, os objetivos, processos e soluções devem ser totalmente orientados à experiência do cliente, isto porque o veículo não é mais somente um bem de consumo e sim um provedor de serviços e satisfação aos usuários.

E para que esta integração entre o cliente e a manufatura ocorra de forma eficaz, inteligente e na velocidade necessária, processos digitais são essenciais.

Muitos acreditam que já estão dentro dessa jornada, mas infelizmente estão apenas aperfeiçoando alguns processos de maneira não digital e não verdadeiramente investindo em Transformação Digital com um plano, objetivos e caminhos bem definidos. E então? Sua empresa, está no caminho certo para a Transformação Digital?











* Freddy Pelucio é Executivo de Negócios do Grupo Engineering, multinacional italiana líder em Transformação Digital.



Conecte Comunicação.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

SERVIÇO GOVERNAMENTAL DE AVIAÇÃO DE HONG KONG RECEBE PRIMEIROS H175 CONFIGURADOS PARA SERVIÇOS PÚBLICOS.


O Serviço de Aviação Governamental de Hong Kong (GFS, da sigla em inglês) recebeu três H175 com configuração para o segmento de aviação pública, tornando-se o primeiro operador do mundo com essa nova modalidade, que aumenta a capacidade de missão do H175 para buscas e salvamento (SAR), serviços médicos de emergência, policial, combate a incêndios e controle de fronteiras terrestres e marítimas.

Em 2015, o GFS tornou-se o primeiro cliente do H175 da modalidade de serviços públicos, ao encomendar sete helicópteros. Os quatro helicópteros restantes serão entregues até o final do ano.

"O Serviço de Aviação Governamental esteve envolvido no desenvolvimento dessa nova versão do H175 e é uma honra estar aqui hoje para receber as três primeiras aeronaves", afirmou Michael Chan, Diretor de Controle do GFS. "Graças à velocidade do H175, sua tecnologia avançada e versatilidade, poderemos fortalecer nossa capacidade de resposta, além de poder atuar nas mais complexas situações e em uma grande variedade de cenários."

O novo H175 do GFS substituirá progressivamente a atual frota de AS332 L2 e H155, que oferecem serviços de apoio 24 horas em casos de emergência a partir de sua base no aeroporto Chek Lap Kok atualmente.

"Agradeço ao GFS por seu apoio constante e garanto que o H175 atenderá às suas operações mais difíceis", afirma Bruno Even, CEO da Airbus Helicópteros. "Estamos muito honrados em ter obtido a confiança de um operador SAR e de serviço público conhecido ao redor do mundo, que também é um cliente de longa data, para colocar em serviço essa nova versão do H175. Com 23 aeronaves atualmente em operação no mundo, o H175 continua a cumprir suas promessas em termos de performance, alcance e conforto de cabine para clientes de Oil & Gas, além de serviços públicos e privados.

A versão para segmento de aviação pública do H175 se beneficia de mais de vinte configurações de cabine que podem ser facilmente reconfiguradas com base nas exigências de cada missão. A grande versatilidade da aeronave é suportada por aproximadamente 70 tipos diferentes de equipamentos opcionais, o que inclui um sistema eletro-óptico de observação e rastreamento e tela com mapa digital, ambos controladas por um console de operador instalado na cabine. Demais equipamentos necessários para missões e que constam no H175 incluem um guincho duplo, um farol de busca, uma câmera infravermelha e um detector de radioatividade, que é um equipamento para uso específico do GFS.

O H175 também se beneficia dos mais novos desenvolvimentos do sistema aviônico Helionix da Airbus Helicopters, que sustenta as capacidades de busca e resgate do helicóptero com modos de SAR avançados, permitindo, por exemplo, que a aeronave paire automaticamente acima de embarcações em movimento. 

A Airbus é líder mundial em aeronáutica, espacial e serviços relacionados. Em 2017, registrou faturamento de €59 bilhões de euros redeclarado dentro do padrão IFRS 15 e empregou cerca de 129 mil profissionais. A Airbus oferece a mais completa gama de aviões de passageiros de 100 a mais de 600 assentos. A empresa também é a líder europeia no fornecimento de aviões-tanque, de combate, transporte e missão, bem como uma das empresas espaciais do mundo. Em helicópteros, a Airbus fornece as mais eficientes soluções em modelos civis e militares em todo o mundo.

Foto: Eric Raz.

JeffreyGroup Brasil.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

ID LOGISTICS BRASIL CONTRATA EXECUTIVA COMERCIAL.

A direção comercial da ID Logistics Brasil, operadora multinacional de logística, ganha um importante reforço. Chega à casa a executiva Sandra Del Amonica, com expertise de mais de 15 anos de atuação na área de logística.


Sandra é graduada em economia pela PUC com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), tendo passagens anteriores em empresas como Ceva Logistics e FM Logistic. Sandra vem somar na área que é comandada por Rodrigo Bacelar, Diretor de Desenvolvimento de Negócios e Inovação.A executiva chega com o objetivo de manutenção dos níveis de crescimento da companhia, conquistando novos clientes nos setores de varejo, indústria, e-commerce, fragrâncias e cosméticos e alta tecnologia.

O Grupo ID Logistics, dirigido por Eric Hémar, é um dos principais operadores logísticos em nível internacional, com um faturamento em 2017 de 1.329 bilhão de euros. A empresa possui cerca de 300 instalações e está presente em 17 países, alcançando 5,5 milhões de m² em armazéns distribuídos pela Europa, América Latina, Ásia e África, e tendo ao seu dispor 19 mil colaboradores. Com uma equilibrada carteira de clientes em setores como o da distribuição, indústria, cuidados de saúde, automóvel e comércio eletrônico, entre outros, a ID Logistics oferece soluções tecnológicas comprometidas com o desenvolvimento sustentável. A ID Logistics está cotada no Departamento B do mercado regulado Euronext de Paris (Código ISIN: FR0010929125).