sábado, 10 de dezembro de 2016

VOLKSWAGEN: FELIPE GIAFFONE É TETRACAMPEÃO DA FÓRMULA TRUCK.

COMISSÁRIOS DESPORTIVOS PUNEM PAULO SALUSTIANO E FELIPE GIAFFONE VENCE A ÚLTIMA CORRIDA DO ANO. 

Os comissários desportivos da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) decidiram punir Paulo Salustiano por ultrapassagem ilegal na relargada da corrida deste sábado. Ele recebeu 20 segundos no tempo da corrida e caiu do primeiro para o sétimo lugar. Com isso, Felipe Giaffone, que tinha terminado em segundo, ganhou uma posição. Ele alcançou 27 vitórias na carreira e igualou a marca de Renato Martins, seu chefe de equipe.



Foi o final de semana dos sonhos de Felipe Giaffone. Além de, neste sábado à tarde no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, garantir o primeiro lugar no final da décima e última etapa da temporada da Fórmula Truck, ele fez a pole, igualou o recorde de Wellington Cirino (29) e se sagrou tetracampeão da mais popular categoria da América do Sul. Filho de Zeca Giaffone e sobrinho de Affonso Giaffone, duas lendas do automobilismo brasileiro, Felipe levou o caminhão Volkswagen a mais uma conquista nacional, a terceira consecutiva da fábrica. 

Com a mesma marca ele tinha se sagrado vencedor em 2007, 2009 e 2011. O vice-campeonato ficou mesmo com Paulo Salustiano, que fez o que pôde, venceu a segunda fase, mas não conseguiu tirar a vantagem de 29 pontos do atual campeão.

A primeira corrida da história da Fórmula Truck num sábado (homenagem ao aniversário de Londrina) foi repleta de emoção também devido à intensa chuva que assolou a cidade desde assolou a cidade desde as primeiras horas da manhã. Além da disputa entre Giaffone e Salustiano pelo título, Diogo Pachenki também lutava pelo vice-campeonato. Mas logo no começo da corrida Pachenki teve problemas na direção hidráulica do seu caminhão Mercedes-Benz e abandonou, o que, antecipadamente, garantiu o segundo lugar, na classificação geral, a Salustiano. Quem também comemorou logo em seguida foi Giaffone, que cruzou na frente da primeira fase, marcou 25 pontos e assegurou, matematicamente, sua quarta conquista. Ao cruzar a linha de chegada ele já fez a festa.

Na segunda fase, logo na relargada, Salustiano ultrapassou Felipe e se manteve na frente até o final. No segundo pelotão, muitas e intensas disputas por posições, com destaque para Raijan Mascarello, Adalberto Jardim e Roberval Andrade entre outros pilotos.


Giaffone comemorou com os filhos a conquista do tetracampeonato. 



Perfil do tetracampeão

Felipe Giaffone
Nascimento: 22/1/1975 
Idade: 41 anos
Local de nascimento: São Paulo - SP

Estreia na Fórmula Truck:
10/4/2005 - Goiânia (5º colocado)
Primeira vitória: 
Fortaleza - 20/5/2007
Última vitória:
Guaporé - 6/11/2016
Títulos:
Brasileiro: 2007, 2009 e 2016
Brasileiro e Sul-americano: 2011
Vice-campeonatos
Brasileiro e Sul-americano: 2010
Brasileiro: 2012
Brasileiro e Sul-americano: 2014
Vitórias: 27
Poles: 29 

Resultado da primeira fase da última etapa da Fórmula Truck

  1) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), 14 voltas em 26min06s127
  2) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), a 4s276
  3) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), a 5s053
  4) David Muffato (MAN TGX), a 7s016
  5) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), a 19s102
  6) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 20s114
  7) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), a 25s108
  8) André Marques (Volkswagen Constellation), a 25s337
  9) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), a 35s617
10) Djalma Fogaça (DF Motorsport), a 56s729
11) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 1min00s197
12) Rogério Castro (ABF Volvo), a 1min07s256
13) Jaidson Zini (DF Motorsport), a 1min07s662
14) Duda Bana (DF Motorsport), a 1 volta
15) Régis Boessio (Boessio Competições), a 1 volta
16) Débora Rodrigues (RM Competições), a 3 voltas
17) Leandro Totti (Clay Truck Racing), a 3 voltas
18) Joel Mendes Júnior (Fábio Fogaça Motorsports), a 8 voltas
19) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), a 13 voltas
* Melhor volta: Paulo Salustiano, 1min42s959, média de 110,0 km/h

Resultado da segunda fase da última etapa da Fórmula Truck

1) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), 14 voltas em 26min13s718*
2) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), a 2s530
3) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), 2s647
4) David Muffato (MAN TGX), a 7s902
5) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), a 8s375
6) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), a 19s447
7) André Marques (Volkswagen Constellation), a 19s939
8) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), a 20s685
9) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 43s271
10) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 45s519
11) Régis Boessio (Boessio Competições), a 56s324
12) Rogério Castro (ABF Volvo), a 59s514
13) Duda Bana (DF Motorsport), a 1min02s354
14) Djalma Fogaça (DF Motorsport), a 1min09s495
15) Jaidson Zini (DF Motorsport), a 4 voltas
16) Leandro Totti (Clay Truck Racing), a 12 voltas
* Melhor volta: Raijan Mascarello, 1min50s422, média de 102,5 km/h
** Paulo Salustiano foi punido por ultrapassagem ilegal na relargada da corrida , recebeu 20 segundos no tempo da corrida e caiu do primeiro para o sétimo lugar.

Mais informações


O Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck tem a supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e patrocínio da Petrobras e Pirelli. As fabricantes de caminhões são Iveco, Ford, MAN Latin America, Mercedes-Benz, Scania, Volkswagen e Volvo.

Fotos: Luciana Flores.

Comunicação da Fórmula Truck
Milton Alves
miltonalves@formulatruck.com.br
13 3299-1144 e 13 996-623-442